Prefeito de Porto Velho promete decretar lockdown contrariando decisão do Governo

Publicada em


DECIDIRÁ SOZINHO
O prefeito Hildon Chaves disse que se a Justiça negar liminar em favor do município, ele vai decretar lockdown em Porto Velho.  Hildon é contra a abertura do comércio, academias e igrejas, permitida em decreto do Governo do Estado.
DUAS SEMANAS
Durante entrevista, o prefeito afirmou que o lockdown deverá ser mantido por pelo menos 14 dias. Segundo Hildon, o número de infectados pelo novo Coronavírus aumentou entre os dias 16 e 22 deste mês causando 10 mortes no período.
SOLICITAÇÃO
Em pedido de liminar, a prefeitura alega que o Governo de Rondônia não respeitou as fases seguintes do isolamento, como permitir apenas os serviços essenciais e o delivery em restaurantes.
RESPALDO
Para embasar sua decisão, o prefeito tem como aliados o Conselho Municipal de Saúde e o Conselho Estadual de Saúde que defenderam o fechamento da cidade por mais 14 dias, posição também defendida pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
JUSTIÇA
O juiz Edenir Sebastião, da 2ª Vara de Fazenda Pública, marcou para o próximo dia 29, segunda-feira, uma audiência entre o governador Marcos Rocha e o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, para decidir sobre o pedido.
PODE ISSO ??
Funcionário comissionado da prefeitura, que montou site recentemente, já tem mídia da prefeitura em seu portal de notícias. Fiquei curioso para saber como funciona o critério de patrocínio usado pela administração municipal.
BENS E SERVIÇOS
Aumentou o número de cidades rondonienses com influência em outros municípios.
A informação é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que divulgou, ontem, a pesquisa Região de Influência das Cidades (REGIC), referente ao ano de 2018.
NA PRÁTICA
A pesquisa ocorre com intervalo de dez anos e tem o objetivo de identificar como as cidades relacionam-se entre si, através do deslocamento de pessoas em busca de bens e serviços (como serviços de saúde e estudo de nível superior) e pelas ligações entre sedes e filiais de empresas e instituições públicas multilocalizadas.
DIVISÃO
As cidades são divididas em cinco níveis: metrópoles, capitais regionais (A, B e C), centros sub-regionais (A e B), centros de zonas (A e B) e centro local. Em Rondônia, a cidade com maior hierarquia é o Arranjo Populacional de Porto Velho, que manteve o status de Capital Regional B entre 2007 e 2018.
LOCALIZAÇÃO
Porto Velho está na área de influência da metrópole Brasília, enquanto Rio Branco faz parte da área de influência de Porto Velho. No último levantamento, pode-se verificar que duas cidades rondonienses se tornaram Capitais Regionais: Cacoal e Ji-Paraná.
OUTROS DESTAQUES
Também subiram de nível as cidades Ariquemes e Vilhena, que em 2007 eram consideradas Centros Sub-Regionais B e passaram a ser Centros Sub-Regionais A.
IMPORTÂNCIA
O chefe da Unidade Estadual do IBGE e geógrafo, Luiz Cleyton Holanda Lobato, explica que os resultados oferecidos por esta pesquisa são essenciais para a realização de planejamentos, tanto da área pública quanto privada, pela possibilidade de identificar de maneira técnica as regiões de influências que determinadas cidades exercem, tornando-se importante instrumento de apoio à aplicação de investimentos e definição da malha para atendimento dos órgãos públicos.
GRIPE
A  terceira fase da  campanha de vacinação contra a gripe em Vilhena acaba na terça-feira, 30 de junho. Desde o início da campanha, em 25 de março, já foram vacinados mais de 21 mil vilhenenses. A meta é imunizar mais de 23 mil pessoas sendo que o público alvo são mamães com bebês de até 45 dias, crianças de seis meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes e doentes crônicos.
DESAFIO
A guerra entre facções em Porto Velho é uma afronta aos poderes constituídos. Sem nenhum receio, bandidos vão para as redes sociais ameaçar desafetos e intimidar quem ousa desobedecer as intimidações.
PREPARADOS
Em gravação de vídeo, bandidos portando armas de grosso calibre e usando máscaras fazem ameaças contra integrantes de uma facção rival. Eles dizem que não mexem com moradores da região onde vivem, mas declaram guerra aos rivais.
PM
Em entrevista para o Rondoniaovivo, o comandante da PM, coronel Alexandre Almeida, disse que a Polícia Militar está atenta e preparada para proteger as pessoas, principalmente aquelas que se encontram na região que os bandidos se identificam como donos.
Rondoniaovivo