“Não tenho medo de redes sociais”, diz deputado relator do Auxílio Alimentação

“Não tenho medo de redes sociais”, diz deputado relator do Auxílio Alimentação

Em apenas quatro segundos o deputado Jesuino Boabaid votou o projeto de Lei, do qual ele era relator, em que reduzia o valor do auxilio alimentação dos parlamentares de R$ 9 mil para R$ 6 mil para driblar a necessidade de eles prestarem contas dos gastos. 

O projeto foi aprovado sem alarde, porém ao ser divulgado na mídia nesta quinta-feira, 17, a população se rebelou e a ALE, às pressas, emitiu nota ainda na noite da quinta-feira, informando que iria revogar a Lei. Sendo assim, os deputados voltam a se beneficiar dos R$ 9 mil para comprar alimentos, no entanto precisam apresentar nota fiscal para comprovar os gastos.

Na tarde desta sexta-feira (18), durante sessão extraordinaria convocada para extinguir o auxílio alimentação, o deputado Jesuino atacou a Imprensa. De acordo com o parlamentar, que também é dono de site, foi o “sensacionalismo” da imprensa, ao noticiarem a mudança no auxilio alimentação, que gerou revolta na população. Aparentemente muito nervoso, disse que o Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas, Ministério Público e outros orgãos também recebem este tipo de indenização e fez um desafio. “Quero ver a Imprensa lá na porta deste orgãos”.

Em relação as redes sociais e ao Whatsapp, onde sua decisão foi duramente criticada, Jesuino foi enfático ao dizer. “Sou deputado de primeiro mandato, mas não tenho medo de redes sociais” afirmou.

VEJA VIDEO

 

 

Fonte: RONDONIAOVIVO

Comentários