Dois dias após a morte de Roger, sua esposa Katiusk Micaely publica emocionante declaração

Publicada em


Roger Cataneo, faleceu aos 41 anos no último dia 21, vítima de um grave acidente ocorrido em Cascavel/PR.

Ele deixou a esposa Katiusk Micaely, profissional muito conhecida por ter trabalhado por anos na Unopar e Prefeitura, e um filho de seis anos de idade.

Nesta quinta-feira(23), Katiusk se manifestou nas redes sociais sobre o precoce e trágico falecimento de seu marido, veja:

 

“Meu coração dói, dói muito porque perdi o grande amor da minha vida, temos uma história linda que daria um filme se quisesse, uma vez um amigo me disse que na vida temos que nos arrepender do que fazemos e não do que deixamos de fazer, hoje com minha idade adulta entendo que na vida não funciona dessa forma, mas na época eu conheci meu marido e o amei sem reservas deixando sempre claro todos os meus sentimentos e ele me amou tanto quanto. Hoje não me arrependo de nada que eu fiz, pois, o meu amor sempre foi sincero e verdadeiro e em meio a tantas lutas que só eu, Deus e ele sabemos, eu fiz o que pude para poder estar ao seu lado, o ajudando na caminhada que não foi fácil!

Foi um pai mais que maravilhoso e um marido que não tenho palavras, amigo então? Nem se fala, sempre brincava dizendo que morava a menos tempo que eu em Rondônia mas tinha mais amigos que eu na minha vida inteira kkkkk, me ensinou muita coisa e sempre dizia que eu precisava aprender com os erros dele para não sofrer, que um dia ele partiria primeiro mas queria que eu tivesse aprendido muitas coisas da vida antes.

É meu amor, nunca imaginei que seria tão cedo.

Ainda nem acredito.

No seu último dia, feliz da vida se arrumando para ir trabalhar, coisa que nos últimos dias estava sendo tão difícil para vc… Lembro do barulho fazendo a barba no banheiro e quando passou por mim no corredor eu te olhei e pensei UaU que homem mais lindo eu tenho!

E como vc sempre dizia e eu confirmava…

Sim eu sou louquinha por você, e vc louco por mim,

Homem com um amor no coração pelas pessoas que eu não conheço igual, marido maravilhoso, pai perfeito, lutador das batalhas do dia a dia, sempre tive muito orgulho de você!

São palavras que vc se foi sabendo de cada uma delas, porque não é só um depoimento escrito para alguém que não pode ler mais, sim palavras que eu sempre fiz questão de que vc soubesse, ouvisse, sentisse e tivesse a certeza do meu sentimento em cada uma delas.

Te amo para sempre (até no céu como sempre dizíamos)

Meu Deus, por favor tira essa dor de dentro de mim e conforta meu coração e do meu filho, mas muito, muito obrigada por ter nos dado o grande privilégio de sermos a família do Roger Cataneo”.