Jaru Online
Jaru, 21 de junho de 2024

Suspeito de incendiar casa de grávida em Ouro Preto do Oeste é indiciado por injúria, ameaça e violência doméstica

A Polícia Civil encerrou o inquérito que investigava o incêndio da casa de uma grávida e indiciou o suspeito de 35 anos, ex-companheiro da vítima. O atentado contra a mulher foi na semana passada em Ouro Preto do Oeste (RO), região central do estado.

Segundo o delegado Niki Locatelli, o suspeito vai responder judicialmente pelos crimes de injúria, ameaça, dano qualificado, incêndio qualificado e no âmbito da lei Maria da Penha.

Na noite de 1° de fevereiro, a grávida chegava em casa quando encontrou o portão aberto. Temendo que o ex-marido estivesse no quintal, a mulher decidiu não entrar em casa, mas o homem a viu e chamou para entrar e conversar.

A mulher recusou o pedido e se dirigiu para a casa de uma avó, mas foi seguida pelo ex. Naquela mesma noite, segundo a Polícia Civil, o homem incendiou a residência da mulher.

À polícia, a vítima revelou que recebia várias mensagens de ameas, mesmo separada há cerca de dois meses e que ele não aceita a separação.

O inquérito da Polícia Civil já foi enviado ao Ministério Público de Rondônia (MP-RO), que vai ficar responsável por oferecer a denúncia para a Justiça.

O suspeito está preso desde o início do mês e segue detido no Presídio de Ouro Preto do Oeste.

Por: Rauã Araújo, g1 RO

Enquetes

Em qual destes nomes de pré-candidatos você votaria para prefeito de Jaru nas próximas eleições?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

COMPARTILHAR