Polícia pede ajuda para prender acusado de matar mulher em Monte Negro

Publicada em


Na manhã dessa terça-feira (2), a Delegacia de Polícia Civil de Monte Negro deflagrou a Operação Marias, para dar cumprimento a mandado de prisão e busca e apreensão contra Izadiel Barbara da Silva acusado de ter matado Maria de Fátima Silva Pires. O corpo da mulher foi encontrado no dia 17 de maio, em um lugar conhecido como lixão, no município de Monte Negro.

Durante as investigações a Polícia Civil chegou ao suspeito do crime e apurou que a vítima e autor teriam um relacionamento amoroso e por circunstâncias ainda não esclarecidas levou Izadiel a cometer o feminicídio.

Os peritos contataram que a vítima tinha lesões no olho, e um corte grande entre a cabeça e nuca.

Desde a época do crime o acusado estava sumido e não retornava à sua casa.

A Polícia descobriu que ele teria fugido de Monte Negro, passou por Jaru e possivelmente se encontre na área rural de Cujubim.

Izadiel é considerado foragido da justiça, com mandado de prisão pendente de cumprimento.

Qualquer informação que possa levar até o paradeiro do acusado, pode ser repassada pelo telefone 197, da Polícia Civil, 190, da Polícia Militar, ou comparecer a qualquer unidade policial para denunciar de forma sigilosa.

Fotografias do foragido serão divulgadas para colaborar com a Justiça para captura e que possa enfim responder criminalmente.

Com esse caso a Delegacia de Polícia Civil de Monte Negro chega a uma taxa de resolução de homicídios e tentativas de homicídios de 100% legando em consideração os anos de 2021 e 2022, medida que isso só é possível devido à participação da comunidade e trabalho diuturno de todos os policiais envolvidos nas investigações.

Rondoniagora