PF e Ibama destroem 23 balsas de garimpo ilegal no Rio Madeira no Amazonas

Publicada em


A Polícia Federal e o Ibama explodiram 23 balsas de garimpeiros ilegais que estavam no Rio Madeira, no Amazonas, nessa quinta-feira (4).

 

As embarcações irregulares, que continham dragas para realizar a extração de ouro, estavam ancoradas nos arredores do município de Autazes.

 

A PF busca agora, identificar os proprietários dos barcos. Desde o fim do ano passado, quando paredões de balsas ilegais de garimpeiros começaram a surgir ao longo do Madeira, mais de 300 delas já foram destruídas.

 

E as operações devem continuar. Isso porque a PF informou que a fiscalização deve se estender por outras regiões do estado que são alvos dos garimpeiros e denúncias também estão sendo apuradas.