Pedreiro marca encontro para negociar trabalho e acaba morto com um tiro na cabeça, em Ji-Paraná

Pedreiro marca encontro para negociar trabalho e acaba morto com um tiro na cabeça, em Ji-Paraná

Na noite desta terça-feira, dia 25, em menos de 48 horas, a Polícia Militar registra mais um homicídio na cidade de Ji-Paraná. Desta vez, a vítima foi um pedreiro de 41 anos, identificado como Gilson Almeida.

De acordo com a Polícia, Gilson teria recebido uma ligação de um homem interessado em seu trabalho. Durante a conversa, o pedreiro marcou um encontro para conversar pessoalmente com o suposto contratante.

 

Ao chegar no local marcado, na antiga Rua Itapirema, no começo do Residencial Green Park, próximo a UNIR, no 1º Distrito, Gilson foi recebido por dois homens que o aguardava no meio da rua. Quando a vítima desembarcou de seu veículo, um deles sacou uma arma de fogo e desferiu um tiro, atingindo a cabeça do pedreiro. Em seguida, os bandidos fugiram do local em uma motocicleta Honda Bros.

 

A esposa de Gilson estava no carro e presenciou a morte do marido. Uma Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros chegou a comparecer no local, mas a vítima já estava em óbito.