Operação investiga desvio de insumos médicos de hospitais públicos de Rondônia

Publicada em


Equipamentos estariam sendo desviados do Hospital de Base e da Maternidade Municipal de Porto Velho. Mandado de busca e apreensão foi cumprido e insumos foram apreendidos.

Uma operação foi deflagrada na última quinta-feira (6) para investigar o possível desvio de materiais de hospitais públicos do Estado e de Porto Velho. Um mandado de busca e apreensão, expedido pela 1ª Vara Criminal da capital, foi cumprido.

Segundo informações da Polícia Civil, nessa primeira fase da Operação Zoés foram apreendidos materiais pertencentes ao Hospital de Base e à Maternidade Municipal, como: bomba infusora, monitor multiparâmetro portátil, sensor de oximetria portátil, hamper, eletrocardiógrafo, lençóis timbrados, entre outros.

As investigações começaram após denúncias de que um servidor vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) estaria desviando insumos hospitalares das unidades de saúde para serem utilizados em aulas de cursos particulares. Entre os equipamentos desviados, há produtos utilizados em pacientes que contraíram a forma mais grave da Covid-19.

Equipamento apreendido durante a Operação Zoés — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Equipamento apreendido durante a Operação Zoés — Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil segue com as investigações para certificar a procedência dos produtos recuperados, retornar ao uso público os aparelhos apreendidos e chegar a outros envolvidos no esquema.

A operação foi realizada pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO) com apoio de outras duas delegacias.

Fonte: G1/RO