Jaru Online
Jaru, 25 de fevereiro de 2024

Mulher acusada de matar pecuarista que teria cruzado por dentro de suas terras é presa nesta quinta-feira

Terminou no inicio da noite desta quinta-feira (23/11) no município de Mirante da Serra, no interior de Rondônia, a caçada a produtora rural Daurene Vitorino da Silva, suposta autora do assassinato do também produtor rural Tiago Constâncio, que foi morto na linha vicinal 56, divisa de Tarilândia com Mirante, com um tiro disparado no rosto na manhã de terça-feira, em um trecho de corredor de estrada próximo do curral da propriedade da suspeita do homicídio.

A pecuarista foi localizada em uma área de mata fechada e houve negociação para ela se entregar, já que Daurene portava a arma que utilizada para assassinar Tiago Constância.

A produtora rural permaneceu por quase 48 horas homiziada em área de mata fechada sem se alimentar, ela foi encontrada bastante desidratada e levada direto para o Hospital Municipal de Mirante da Serra, para ser medicada e depois, juntamente com a arma, encaminhada para o município de Ouro Preto do Oeste sob forte escolta policial.

Daurene é acusada de matar o jovem pecuarista e a motivação seria o desfecho de um antigo litigio devido ao uso de trecho de estrada na propriedade dela por parte da família de Tiago, as arestas levaram ambas as partes a decidir o mérito na justiça.

O direito de utilizar o corredor de estrada em questão era batalha vencida por Tiago e seu pai, o produtor Elizeu Constâncio Siqueira, que administrou a propriedade ao longo dos anos, enquanto o filho morava e trabalhava nos Estados Unidos ate 2 anos atrás, em Milford, cidade localizada no condado de Worcester no estado de Massachusetts.

Na manhã do assassinato de Tiago, antes dele o pai passou no mesmo local retornando do lote pelo trecho de estrada na propriedade de Daurene.


Fonte: www.correiocentralro.com.br

 


COMPARTILHAR