Jaru Online
Jaru, 20 de junho de 2024

MP-RO e PM miram grupo criminoso que ‘ostentava’ armas, dinheiro e drogas nas redes sociais

O Ministério Público de Rondônia (MP-RO) e a Polícia Militar (PM) realizaram uma operação na terça-feira (14) contra suspeitos de integrar um grupo criminoso que “ostentava” armas de fogo, dinheiro e drogas nas redes sociais. Os suspeitos atuam em Porto Velho, nos distritos de Vista Alegre do Abunã, Extrema e Nova Califórnia.

Mais de 300 policiais se envolveram na operação. O objetivo foi cumprir 29 mandados de busca e apreensão para contribuir na investigação de crimes relacionados à constituição ou integração de organização criminosa. A suspeita é que crianças e adolescentes também participem do esquema. Segundo a PM, 26 alvos dos mandados foram localizados.

Além dos mandados de busca, a operação resultou na recaptura de foragidos da justiça e apreensão de:

  • quatro armas de fogo: uma pistola semiautomática, dois revólveres e uma espingarda;
  • drogas: maconha e cocaína;
  • duas motocicletas recuperadas oriundas de furto/roubo

 

Objetos apreendidos durante operação audácia em Porto Velho — Foto: PM/Divulgação

Objetos apreendidos durante operação audácia em Porto Velho — Foto: PM/Divulgação

A operação foi coordenada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) e pelo Grupo de Atuação Especial de Segurança Pública (GAESP), do Ministério Público do Estado de Rondônia (MPRO), em parceria com diversas instituições de segurança e defesa.

Segundo o MP-RO, o nome da operação (Audácia) foi escolhido em referência ao comportamento dos investigados, que ostentam suas atividades criminosas nas redes sociais, desafiando abertamente as autoridades.

G1 RO

Enquetes

Em qual destes nomes de pré-candidatos você votaria para prefeito de Jaru nas próximas eleições?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

COMPARTILHAR