Jaru Online
Jaru, 28 de maio de 2024

Justiça revoga liminar e mantém eleições da Federação de Futebol de Rondônia

Na manhã desta terça feira (13), o Real Ariquemes sofreu mais uma derrota na justiça, que revogou a suspensão das eleições da Federação de Futebol de Rondônia (FFER), e reconheceu a legalidade do processo eleitoral, que elegeu por aclamação a nova diretoria da entidade no último dia 6, encabeçada pelo vice-presidente Alexandre Casagrande.

A decisão desta terça-feira, tomada pela 3ª Vara Cível de Ariquemes cita que após a análise dos documentos apresentados pela Federação de Futebol foi evidenciada a legalidade e transparência do processo eleitoral, “Inicialmente, é importante destacar que a decisão de deferimento da tutela antecipada antecedente é baseada em premissas que foram posteriormente informadas pela requerida, com a apresentação de novas evidências”, diz. A justiça ainda concluiu que os documentos apresentados pela FFER enfraqueceram os argumentos apresentados pelo Real Ariquemes.

Os documentos apresentados pela FFER, comprovam a legalidade e transparência de todo o processo eleitoral, seguindo a Lei Geral do Esporte e o seu estatuto. “Todos os atos da federação são baseados na legalidade e transparência por isso sempre confiamos na justiça e ela foi feita mais uma vez, agora vamos continuar nosso trabalho com seriedade e pelo bem do futebol de Rondônia” afirmou o atual presente, Heitor Costa, ao comentar a decisão que revogou a Antecipação de Tutela Jurisdicional.

A Justiça também revogou a decisão da gestão web ao Real Ariquemes, tendo em vista que o clube está sem representante legítimo. O clube também está suspenso por dois anos das competições realizadas pela CBF e pela FFER.

Confira a decisão da Justiça


COMPARTILHAR