CERON OLHO GATO 728-X-90-px

Jaru: Grande quantidade de medicamentos vencem nos estoques da Secretaria Municipal de Saúde

Jaru: Grande quantidade de medicamentos vencem nos estoques da Secretaria Municipal de Saúde

SEGURANÇA Publica_728x90

Ainda não obtivemos informações oficial da quantidade de medicamentos vencidos nos estoques da Secretaria Municipal de Saúde, pois os produtos ainda estão sendo catalogados item a item, a mais de uma semana por um servidor da saúde, mas estimativas indicam  quantidade superior a uma tonelada.

Os medicamentos vencidos fazem parte de uma remessa de 15 toneladas obtidas pelos gestores da administração passada em 10 de outubro 2013. Os atuais administradores abriram um processo de investigação para apurar as responsabilidades, bem como esclarecer se a medicação foi adquirida com datas próximas a seu vencimento.

A quantidade de caixas de medicamentos chega a ser absurda, cômodos do depósito da farmácia básica de saúde, estão abarrotadas dos produtos que evidencia o claro desperdício, em grande quantidade, do dinheiro público.

Em 10 de março de 2015, uma polêmica envolvendo medicamentos deste mesmo lote, virou caso de polícia, o vereador José Augusto denunciou um descarte ilegal de certa quantidade destes remédios vencidos, que foram enterrados em uma área próxima ao perímetro urbano. (Reveja Aqui). Na ocasião o Conselho de Saúde, órgão de acompanhamento e fiscalização do setor, criou uma comissão chefiada pela então secretária de saúde da época, que teria por finalidade apurar o caso, porém a referida investigação aparenta ter tomado o mesmo destino dos medicamentos investigados.

Diante a evidente má gestão no setor, principalmente no controle, de aquisição e saída de medicamentos, o qual resultou neste grande desperdício, ficam com a palavra, aos gestores responsáveis e ao Conselho Municipal de Saúde, órgão responsável pelo acompanhamento no setor.

mais-medicamentos-enterrados-foram-retirados-de-terreno-da-prefeitura-policia-investiga-o-caso650x490_44521aicitonp19g5npqb9tkt1soa14ar16fn1mgu6

 

Em quanto isto!!!

 

Paciente denuncia falta de medicamento e lençol no Hospital Municipal, “só tem soro e dipirona”

 

O usuário da rede pública de saúde, Ignaldo, relata em denuncia nos enviada neste domingo (19)  que há uma grande carência de remédios no Hospital Municipal, onde está disponível apenas soro e dipirona, ele afirma também não possuir lençóis nos leitos e que a unidade não é limpa a 21 dias.

Tentamos contato neste domingo com o secretário de Saúde, o popular Toinho da Saúde, porém não obtivemos êxito, tentaremos novamente na manhã desta segunda (20) para obter mais esclarecimentos sobre esta denúncia.

>SEDAM QUEIMADAS