Jaru Online
Jaru, 23 de junho de 2024

Jaru: Seguindo o cronograma de ações de Combate à Violência contra mulher (SHAMAR), PM/RO realiza palestra na FIMCA

A Coordenadoria de Atividades Sociais da PM/RO, realizou na noite desta segunda-feira (28) no Auditório da Faculdade FIMCA UNICENTRO, uma palestra expondo as atividades desenvolvidas no município de Jaru pelo NUPEVID – Núcleo de Prevenção e Enfrentamento a Violência Doméstica e Familiar e pelo Projeto COMAPE – Consciência Maria da Penha.

 

Quem participou teve a oportunidade de aprender sobre as atividades desenvolvidas a respeito da violência contra a mulher e seu caráter social, assim como as metas almejadas para o enfrentamento da violência doméstica, com foco na Lei Maria da Penha.

 

As ações estão sendo desenvolvidas no âmbito Nacional no período de 21 de agosto a 15 de setembro e foi denominado Operação – SHAMAR, sendo iniciativa do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ministério das Mulheres e Secretaria de Segurança Pública dos Estados.

A palestra sobre as ações da Patrulha Maria da Penha do 8º Batalhão da Polícia Militar, foram conduzidas pela 3ª SGT PM S. Moreira e a Al SGT PM Maylla, tendo como convidados, a Psicóloga Cristina Tienco, a Vereadora Sol de Verão, a Secretaria de Saúde Tatiane Domingues, a Coordenadora do CREAS Lilian Daiana e o Tenente-Coronel PM Maurílio Miranda Pereira.

 

Na ocasião foi explanado um pouco das atividades desenvolvidas sobre a violência contra a mulher, bem como o caráter social das atividades, e as metas almejadas para o enfrentamento da violência doméstica.

 

 

PATRULHA MARIA DA PENHA

 

Na ocasião foi esclarecido também que a Patrulha Maria da Penha é uma guarnição formada por dois ou três Policiais Militares, que possuem perfil para atuar frente à prevenção e enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher. São policiais que se deslocam até a residência da mulher que sofreu violência para realizarem a fiscalização das medidas protetivas de urgência – MPU, expedidas pela autoridade judiciária. Trabalhando na prevenção, com a missão desafiadora de construir soluções efetivas para problemas de ordem pública.

 

 

NUPEVID

 

 

O Núcleo de Prevenção e Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar, contra a mulher – NUPEVID é um órgão subordinado à Coordenadoria de Atividades Sociais da Polícia Militar do Estado de Rondônia, e tem por finalidade realizar a coordenação das atividades executadas pelas Patrulhas Maria da Penha, para que a promoção e proteção dos direitos humanos da mulher vítima de violência doméstica e familiar, sejam realmente efetivados. Atuando no combate à violência contra a mulher e assegurando cada vez mais os direitos humanos às mulheres, com o objetivo de acompanhar a implementação de políticas públicas de promoção da igualdade, especificamente na conscientização sobre os efeitos pessoais e sociais negativos da violência doméstica e familiar contra a mulher e no reconhecimento de seus direitos e garantias.

 

CEMMPU

 

A Central Estadual de Monitoramento de Medida Protetiva de Urgência – CEMMPU, exerce a função de Coordenação Estadual da Patrulha Maria da Penha, supervisionando a atuação das Patrulhas Maria da Penha em todos os Órgãos Policiais Militares subordinados, interagindo com os mesmos, a fim de padronizar os procedimentos, realizando avaliação do trabalho desenvolvido pela Patrulha Maria da Penha e adotando providências necessárias para sanar problemas constatados; Cadastrar as vítimas e inserir os dados pertinentes ao atendimento em cadastro específico a ser citado e elaborar o roteiro de visitas que será cumprido pela Patrulha Maria da Penha, monitorando as ocorrências de violência doméstica no Estado de Rondônia; Promovendo o intercâmbio interinstitucional entre os órgãos que compõe os Entes Federados e, outros organismos, inclusive internacionais, públicos ou privados, para uma melhor prestação dos serviços oferecidos pelos integrantes da CEMMPU.

 

 

Aplicativo “PMRO Cidadão”

 

Está disponível a comunidade rondoniense o aplicativo “PMRO Cidadão”, que permite, por intermédio de tecnologia, facilitar o trâmite de denúncias, atendimento especializado de violência contra a mulher, inclusive o envio de fotos, vídeos ou áudios de ocorrências na sociedade em geral. Dentro deste app, o Módulo de Proteção à Mulher permite o acionamento do “Botão do Pânico” para o socorro policial em caso de emergência a disposição da vítima de violência doméstica que tenha sido cadastrada para o uso desta ferramenta, já disponível para Android no AppStore.

———-

– A vida começa quando a violência acaba. “Maria da Penha”

Violência Doméstica é Crime Denuncie

Onde buscar ajuda??

Emergência: 190

Denúncias: 180

Plantão NUPEVID

Enquetes

Em qual destes nomes de pré-candidatos você votaria para prefeito de Jaru nas próximas eleições?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

COMPARTILHAR