Jaru: Prefeito informa equivoco e pede que estado reenquadre município a fase 3; Município está com 60% dos leitos de UTI disponíveis

Publicada em


O prefeito do município de Jaru João Gonçalves Junior, encaminhou nesta terça-feira (07) ao Governador Marcos Rocha e ao Secretário estadual de saúde Fernando Máximo, um oficio solicitando o reenquadramento do município de Jaru novamente a fase 3 de enfrentamento ao COVID-19. No documento o gestor ratifica que houve um equívoco por parte do estado ao rebaixar o município a fase 1, que permite abertura somente de atividades essenciais.

No pedido de reconsideração o prefeito elencou os próprios critérios impostos pelo Governo do Estado por meio do decreto 25.049  que em seu Art. 9° estabelece a utilização de indicador, a disponibilidade de leitos de UTI para classificação de evolução ou retroação nas fases do plano do Comitê Interinstitucional de Prevenção, Verificação e Monitoramento dos Impactos da COVID-19.

Destaca o fato de que a Secretaria Municipal de Saúde de Jaru implantou, nas dependências do Hospital Municipal Sandoval de Araújo Dantas, uma Unidade de Terapia Intensiva UTI, em que há 05 (cinco) leitos para atender, com exclusividade, a população jaruense.

Destes, dois estão ocupados e três estão disponíveis que resulta na proporção de 60% de disponibilidade.

Destacou as atividades desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Saúde para combate e prevenção da pandemia, bem como o elevado número de curados.

Pelo exposto, foi feita a solicitação que seja procedida a reclassificação do Município de Jaru para a fase 3.

O Governo do estado ainda não deu resposta.

Confira Oficio na Integra