Jaru Online
Jaru, 17 de julho de 2024

Jaru: Polícia Prende Envolvidos, Arma e Recupera Veículo de Motorista de Aplicativo Morto nesta Manhã

Policiais de Jaru e Ouro Preto do Oeste, com o apoio de motoristas de aplicativos, prenderam sete envolvidos na morte do motorista de aplicativo Reginaldo de Souza Leite. A ação resultou na recuperação do veículo da vítima e na apreensão da arma utilizada.

Em Ouro Preto do Oeste, a polícia prendeu quatro suspeitos, incluindo três menores de idade. Em Jaru, outras três pessoas foram detidas: um menor diretamente envolvido no crime, sua irmã, também menor, e um homem que foi levado à força para a Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) por motoristas de aplicativo. Um jovem de 18 anos, aparentemente sem ligação direta com o crime, procurou a polícia na UNISP em estado de desespero, pedindo para ser preso por medo de represálias dos motoristas de aplicativos. Embora tenha sido liberado, ele relutou em deixar a unidade de segurança.

Boa parte dos detidos faz parte do grupo conhecido como “Bonde do 7”, reincidentes em crimes na cidade. Suspeita-se que eles tiveram participação direta ou indireta em três crimes recentes contra motoristas de aplicativos, além de serem autores de roubos de veículos em Jaru.

A polícia investiga a motivação do crime, mas já se sabe que boa parte dos envolvidos estava, na madrugada do crime, em uma casa noturna na Avenida JK. Após uma tentativa frustrada de furtar motocicletas, os suspeitos acionaram um veículo de aplicativo para uma corrida até Ouro Preto do Oeste.

Durante as buscas pelos suspeitos, motoristas de Jaru, que já conheciam e suspeitavam da participação dos envolvidos, realizaram buscas nas residências dos suspeitos e efetuaram a prisão de um deles, que foi conduzido à UNISP. A Polícia Militar realizou simultaneamente as detenções nas duas cidades, com base em informações fornecidas pela plataforma de transporte. A vítima foi solicitada por volta das 4h20 na Rua Ceará, setor 03, local que foi o ponto de partida para a polícia identificar e chegar até os suspeitos.

Por volta das 7h, a polícia de Ouro Preto recebeu uma ligação informando sobre um homem morto próximo a um veículo. Interligando as informações, a polícia obteve êxito na captura e elucidação do crime. As qualificações e registros em Jaru foram coordenados pelo delegado Dr. Salomão de Matos, que colocou os envolvidos à disposição da Polícia Civil de Ouro Preto do Oeste, uma vez que o crime foi cometido naquela cidade.


COMPARTILHAR