Jaru Online
Jaru, 20 de junho de 2024

Jaru: Ex-gerente da Sejus é condenado por cobrar para ‘dar’ regalias a presos, como celular, bebidas e churrascos

Presídio de Jaru; Centro Regional de Ressocialização Augusto Simon Kempe — Foto: Secom/Governo de RO

Presídio de Jaru; Centro Regional de Ressocialização Augusto Simon Kempe — Foto: Secom/Governo de RO

Um ex-gerente regional da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) de Rondônia foi condenado, na última semana, por corrupção. Investigações comprovaram que o réu cobrava pagamentos para dar “regalias” a presos, como uso de celular, bebidas alcoólicas e até churrasco.

As denúncias de crimes no Centro Regional de Resssocialização Augusto Simon Kempe de Jaru foram feitas ao Ministério Público de Rondônia 2021. Em fevereiro de 2022, o ex-gerente e outros policiais investigados foram afastados do cargo após pedido do MP-RO.

Na ocasião, foi apontado que os servidores estavam dando trânsito livre no presídio para presos, além de oferecerem cômodos confortáveis, visitas fora do dia determinado e até acessos a aparelhos eletrônicos.

Segundo o MP-RO, várias operações realizadas no presídio de Jaru as investigações comprovaram os privilégios. O réu recebeu pelo menos três transferências bancárias de irmã de pessoa em sistema prisional.

O ex-gerente, que é policial penal, foi condenado a 4 anos, 11 meses e 21 dias de reclusão. Ele também perdeu o cargo de policial por ter violado os deveres éticos e morais inerentes à profissão.

G1 RO

Enquetes

Em qual destes nomes de pré-candidatos você votaria para prefeito de Jaru nas próximas eleições?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

COMPARTILHAR