Jaru: Curtas e Diretas

Jaru: Curtas e Diretas

 

Atualmente a população vivencia um momento de otimismo e expectativa em relação à nova gestão pública municipal, sendo esperados grandes feitos administrativos. Falta de dinheiro neste otimismo acabamos por desconsiderar ou a até mesmo desconhecer, o maior dos empecilhos, a escassez de recursos resultante da falta de planejamentos anteriores, e ações no controle das finanças do município. Isto já se reflete no pagamento da folha de Janeiro que ainda não está garantido, e no atraso de duas parcelas do IPJ, totalizando cerca de R$ 500 mil.

.

Medidas

 Nestas condições o gestor público vai ter que demostrar a sua notória aptidão em finanças, desenvolvida e empregada com sucesso no grupo empresarial a qual se originou. Medidas de “estancar” ainda mais as despesas e aumentar o fluxo de caixa serão tomadas contrariando a muitos interesses.

.

Queremos portarias

 Grande parte dos vereadores eleitos começam agora apresentar preocupantes sinais de esquecimento do que foi proposto pelo prefeito nos palanques eleitorais, a não nomeação de cargos em troca de favores, pratica intitulada como “a Velha Politica”, ela foi reincidentemente combatida em discursos sob a presença dos edis. Em uma recente reunião entre o prefeito e os vereadores que seria para tratar de assuntos do município, acabou se direcionando a pedidos de cargos. A quem diz que teve vereador que ao fazer uso da palavra “loteou” a Prefeitura, em resposta foi questionado se ele queria assumir o Executivo. Seguindo o sistema da politica tradicional, vereadores prometeram o que já sabiam que não poderiam cumprir, e agora encontram-se pressionados pelos colaboradores de campanha. É comum legisladores reprovarem projetos e dificultar ações da Prefeitura como forma de represálias ou pressão. Vamos aguardar!

 

Comentários