Homem é morto com golpes de madeira na cabeça em praça de Ariquemes

Homem é morto com golpes de madeira na cabeça em praça de Ariquemes

Um homem de idade não informada foi assassinado com golpes de madeira na madrugada desta quarta-feira (11) na Praça dos Três Poderes, em frente ao Terminal Rodoviário de Ariquemes (RO), no Vale do Jamari. Conforme a Polícia Militar (PM), dois homens foram presos e um adolescente apreendido suspeitos de terem efetuado o crime.

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, a PM foi informada por volta das 1h30 que estava acontecendo uma briga generalizada entre usuários de entorpecentes na praça pública e que uma pessoa ficou caída no gramado.

Os militares foram até o local e se depararam com a vítima sem vida próximo a um ponto de mototáxi. O homem não estava com nenhum documento pessoal.

Uma guarnição policial seguiu em direção a Rua Uirapuru, no Setor 2, onde viram três pessoas em atitude suspeita e realizaram os abordaram. Com um jovem de 18 anos, a PM encontrou uma porção de droga, com um rapaz de 23 anos foi encontrado uma faca e com um adolescente de 16 anos foi encontrado um canivete.

Os policiais observaram que um dos suspeitos apresentava ferimentos e marcas de sangue pelo corpo. Ao ser questionado, o infrator de 18 anos disse que estava usando drogas em companhia dos outros dois comparsas na praça quando a vítima chegou no local com um facão e uma barra de ferro pedindo por droga.

O infrator de 23 anos disse à vítima que não lhe entregaria o entorpecente, onde ele começou a agredir o suspeito. Em seguida, o jovem se apossou de um pedaço de madeira com pregos e desferiu vários golpes na cabeça da vítima.

Após o crime, os suspeitos correram em direção ao Setor 2, quando foram abordados pela PM. Um dos infratores foi levado até o Hospital Regional de Ariquemes por apresentar ferimentos e os outros foram encaminhados até a Unidade Integrada de Segurança Pública de Ariquemes.

A perícia técnica compareceu no local do crime e após os trabalhos investigativos, o corpo da vítima foi encaminhado até o Instituto Médico Legal (IML), onde aguarda por um familiar que possa identificá-lo. O crime foi registrado na Unisp de Ariquemes, onde a Polícia Civil investiga o homicídio.

Comentários