Jaru Online
Jaru, 23 de junho de 2024

Grupo que fraudou programa de benefício emergencial durante a pandemia é alvo da PF em Rondônia

Mandados de busca e apreensão, além do sequestro de dois veículos e aproximadamente R$ 9 mil foram cumpridos em Ji-Paraná.

Quatro mandados de busca e apreensão, além de 15 mandados de sequestro de bens foram cumpridos nesta quarta-feira (20), pela Polícia Federal (PF), em Ji-Paraná (RO), para combater fraudes na concessão do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda (Bem), durante a pandemia da Covid-19.

Ao todo, dois veículos foram sequestrados, além de cerca de R$ 9 mil e celulares.

De acordo com a PF, o benefício era custeado com recursos da União e deveria ser pago aos trabalhadores quando houvesse acordo com os empregadores, nas seguintes hipóteses:

  • Redução proporcional de jornada de trabalho e de salário e,
  • Suspensão temporária do contrato de trabalho.

Durante as investigações, que tiveram início após solicitação do Ministério Público do Trabalho (MPT), a Polícia Federal identificou um grupo realizava o cadastro de funcionários no programa, sem que houvesse os critérios necessários para se enquadrar no programa e dessa forma, obtinham vantagem ilícita com o “recebimento indevido de parcelas do benefício”.

Segundo a polícia, os investigados poderão responder pelo crime de estelionato.

 

Enquetes

Em qual destes nomes de pré-candidatos você votaria para prefeito de Jaru nas próximas eleições?

  • Patrick Faelb (PL) (49%)
  • Jeverson Lima (MDB) (43%)
  • Cassia Gomes (Podemos) (6%)
  • Weligton Pereira (NOVO) (2%)

Total de Participantes:: 5.957

Carregando ... Carregando ...

COMPARTILHAR