Jaru Online
Jaru, 17 de julho de 2024

Encontro em Porto Velho busca aprimoramento das políticas de assistência social em Rondônia

Os desafios e perspectivas na política de assistência social, bem como a importância da vigilância socioassistencial na estruturação do Sistema Único de Assistência Social  (Suas), estão entre os temas em discussão durante o Encontro Estadual do Sistema Único de Assistência Social, aberto nesta quarta-feira (19), pelo governo de Rondônia, por meio da Secretaria da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), em Porto Velho. O evento conta com a participação de secretários municipais, coordenadores e profissionais da área socioassistencial em Rondônia.

O evento, que tem como objetivo promover a reflexão e partilha de experiências, visa o fortalecimento e qualificação da atuação dos profissionais da área, e segue até quinta-feira (20). São palestras, salas temáticas e grupos de discussão conduzidos por representantes do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome  (MDS) e o psicólogo João Valério Alves Neto, do Rio Grande do Norte.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, este encontro representa um momento oportuno para análise das práticas existentes, identificação do que pode ser aprimorado e  inovação das ações para enfrentamento dos problemas no cotidiano do trabalho social. “As discussões e compartilhamento de práticas e estratégias são fundamentais para a identificação de soluções para os problemas enfrentados. Com isso, aperfeiçoarmos a política de assistência social voltada à melhoria da qualidade de vida das pessoas ou famílias em situação vulnerável no estado”, pontuou.

Na abertura, a secretária da Seas, Luana Rocha, destacou a importância do evento e reforçou que, para o estado manter seu processo de transformação é necessário que a assistência social esteja fortalecida, caminhando no mesmo passo que o desenvolvimento econômico. “O estado de Rondônia passa por um momento de transformação, fortalecida com políticas públicas baseadas em leis. Também fazemos constante monitoramento para correção de possíveis falhas e garantia da execução de tudo que for destinado aos municípios”, destacou.

PROGRAMAÇÃO

Após a abertura oficial, a programação seguiu com a palestra magna: Desafios e perspectivas na política de assistência social, realizada por João Valério Alves Neto. Para o período da tarde está prevista a abordagem sobre os temas: “Importância da função da vigilância socioassistencial na estruturação do Suas”, com Frederico de Almeida Meirelles Palma; “Trabalho social com as famílias e indivíduos no Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif), na modalidade on-line, com Giane Márcia Vieira de Almeida; “Matricialidade familiar no Suas”, com João Valério; e “Educação Permanente a partir das legislações do Suas”, com Gissele Carraro, da Secretaria Nacional de Assistência Social (SNAS).

O encontro será retomado no segundo dia com as salas temáticas simultâneas sobre os quatro eixos do Suas: Vigilância Socioassistencial, Proteção Social Básica, Proteção Social Especial e Educação Permanente. Em seguida haverá partilha das produções e experiências entre os participantes.

A coordenadora de Assistência Social da Seas, Fabiane Passarini considera que, o encontro representa uma oportunidade valiosa para a troca de experiências, compartilhamento de práticas, conhecimentos e abordagens metodológicas, que são aspectos fundamentais para a qualidade e efetividade dos serviços prestados pelas políticas públicas de assistência e desenvolvimento social.


COMPARTILHAR