Conheça os palestrantes que representarão Rondônia na Campus Party Brasil 2019

Conheça os palestrantes que representarão Rondônia na Campus Party Brasil 2019

Quatro moradores de Rondônia irão palestrar na Campus Party Brasil, que acontece em São Paulo de 12 e 17 de fevereiro. Eles dividirão palcos com engenheiros da NASA, criadores de veículos espaciais que foram enviados a Marte, professores, escritores e criadores de conteúdo de várias partes do planeta.

G1 conversou com eles, confira abaixo spoilers das quatro palestras.

Amazônia tecnológica

A palestra de Mario Fraga acontece no dia 15 de fevereiro — Foto: Reprodução/ Redes Sociais A palestra de Mario Fraga acontece no dia 15 de fevereiro — Foto: Reprodução/ Redes Sociais

A palestra de Mario Fraga acontece no dia 15 de fevereiro — Foto: Reprodução/ Redes Sociais

Na palestra “Drones em defesa da Amazônia”, Mario Fraga vai falar para as pessoas de fora de Rondônia como é usada a tecnologia no monitoramento, proteção e desenvolvimento da Amazônia.

“A ideia é passar para as pessoas de fora um pouquinho da nossa realidade aqui. Dos desafios que encontramos, a gente sobrevoa áreas de floresta e nos deparamos com árvores de 60 metros, com uma natureza hostil”, disse.

Imagem aérea de um drone na Amazônia  — Foto: Mario Fraga/ Arquivo pessoal Imagem aérea de um drone na Amazônia  — Foto: Mario Fraga/ Arquivo pessoal

Imagem aérea de um drone na Amazônia — Foto: Mario Fraga/ Arquivo pessoal

Mario é Analista de Tecnologia Militar do Exército Brasileiro à disposição do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) e também pretende relatar sua experiência nos treinamentos dentro do Sipam e Polícia Federal.

Sobre a preparação para a palestra Mario disse “Estou tranquilo, a Campus Party é divertida”.

Vencendo o tempo

A palestra de Thiago Kaiser acontece no dia 15 de fevereiro — Foto: Reprodução/ Redes Sociais A palestra de Thiago Kaiser acontece no dia 15 de fevereiro — Foto: Reprodução/ Redes Sociais

A palestra de Thiago Kaiser acontece no dia 15 de fevereiro — Foto: Reprodução/ Redes Sociais

No palco de empreendedorismo o cacoalense Thiago José Sampaio Kaiser vai ensinar o público a “vender o peixe” em três minutos, na palestra “Vencendo o Tempo”. Ele vai dar dicas para fazer uma boa apresentação para vender projetos e ideias em pouco tempo.

“Aprendi a vender o peixe na Campus Party e agora passo o ensinamento adiante. Nasci em Cacoal e estamos trabalhando para levar Rondônia para o cenário nacional”, conta.

Mario é professor do Instituto Federal de Rondônia (Ifro) e aluno do mestrado de Tecnologia Nuclear na Universidade de São Paulo (USP), ele já participou de três edições da Campus Party, duas nacionais e uma em Rondônia.

“Aqui no estado, tirando o calor, foi sensacional”, lembra descontraidamente.

Desenvolvendo Robôs Gigantes!

A palestra de Juan Manoel acontece no dia 4 de fevereiro — Foto: Reprodução/ Redes SociaisA palestra de Juan Manoel acontece no dia 4 de fevereiro — Foto: Reprodução/ Redes Sociais

A palestra de Juan Manoel acontece no dia 4 de fevereiro — Foto: Reprodução/ Redes Sociais

Juan Manoel Marinho Nascimento vai mostrar como desenvolver robôs gigantes sem gastar muito dinheiro. Durante a conversa ele vai explicar desde a construção eletrônica dos robôs, a montagem do chassi usando madeira e canos de pvc. E também como programar usando inteligência artificial.

Juan é estudante de engenharia da computação e co-fundador da comunidade BigRobots, onde trabalha como desenvolvedor e engenheiro de software ajudando crianças e adolescentes em competições de robótica.

Girl Power

A palestra de Êrica Blanc acontece no dia 13 de Fevereiro  — Foto: Reprodução/ Redes Sociais A palestra de Êrica Blanc acontece no dia 13 de Fevereiro  — Foto: Reprodução/ Redes Sociais

A palestra de Êrica Blanc acontece no dia 13 de Fevereiro — Foto: Reprodução/ Redes Sociais

A jornalista Êrica Fadoul Blanc é a única mulher no time de palestrantes rondonienses. Ela se apresenta no dia 13 de fevereiro com “Feito é melhor do que perfeito: pare de adiar e tire seu projeto da gaveta”.

“Há quase dois anos eu parei de procrastinar (ou quase) e comecei a batalhar para trabalhar apenas com coisas que amo. Ainda estou no processo de construir isso, mas já aprendi muita coisa sobre tirar um projeto do papel. Então vou usar um pouco do aprendizado pessoal para ajudar outras pessoas. E, o foco principal, vai ser sobre perder o medo de se jogar de cabeça e expor para o mundo seus projetos”, comenta Êrica.

Ela nasceu e se criou em Porto Velho, atualmente aos 21 anos, já escreveu um livro sobre histórias de amor, trabalha na área de comunicação social e criou o blog Ré Menor, onde fala sobre literatura, música e comportamento.

“Eu me sinto orgulhosa de poder representar as mulheres de Rondônia, mas gostaria de ter mais parceiras para dividir esse momento comigo. Porém, espero abrir porta para outras mulheres incríveis estarem por lá representando Rondônia nas próximas edições”, afirma.

Campus Party Rondônia

Batalha de drones da Campus Party Rondônia — Foto: Sérgio de Andrade/ CBNBatalha de drones da Campus Party Rondônia — Foto: Sérgio de Andrade/ CBN

Batalha de drones da Campus Party Rondônia — Foto: Sérgio de Andrade/ CBN

Ao G1 os representantes da Campus Party no Brasil comentaram que a participação de Rondônia na Campus Party Brasil 12, que acontece em São Paulo, será muito importante, já que o estado tem revelado uma série de talentos, com projetos inovadores nas mais variadas esferas e não apenas em Tecnologia da Informação.

“Uma das áreas mais prestigiadas dentro da Campus Party é a Campus Future, que exibe projetos acadêmicos, feitos por estudantes. Recebemos inscrições de todo o país e 41 delas foram selecionadas para participar da CPBR12. Desse total, oito são do Ifro”, disse Tonico Novaes, diretor-geral da Campus Party Brasil.

Tonico acrescenta que a primeira Campus Party da região Norte do País foi uma edição marcante, com muito calor humano e conexões impressionantes das apresentações de projetos incríveis dos empreendedores que trouxeram seus negócios para o espaçoStartup&Makers, dos estudantes que participaram do programa Campus Future, de quem esteve espalhado pelas bancadas instaladas na arena, dos jovens que marcaram presença na oficina de robótica e dos participantes dos hackathons voltados para áreas estratégicas como educação, segurança e justiça.

“Esperamos retornar em breve”, disse.

Comentários