Caso Chico Pernambuco: Polícia apreende celulares do prefeito e da primeira-dama de Candeias

Caso Chico Pernambuco: Polícia apreende celulares do prefeito e da primeira-dama de Candeias

O prefeito de Candeias do Jamari, Luis Ikenohuchi, e a primeira dama do município, Vanessa Lucena, tiveram três aparelhos celulares apreendidos pela Polícia Civil na tarde da última quinta-feira (11), durante operação em cumprimento de mandados de apreensão no gabinete da prefeitura.

Segundo a delegada Kate Motta, titular da delegacia de Candeias, a operação é realizada em continuidade às investigações do caso Chico Pernambuco, ex-prefeito do município que foi morto a tiros no dia 18 de março de 2017, quando chegava em casa com a namorada e a enteada.Chico Pernambuco prefeito Candeias assassinado a tiros  — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

“O procedimento é sigiloso, mas os telefones foram apreendidos para que possamos arrecadar elementos probatórios para ver se há algum envolvimento do prefeito no crime”, explicou a delegada, por telefone, ao G1.

Luiz Ikenohuchi é primo de Katsumi Yuji Ikenohuchi Lema, que é apontado como o principal suspeito de ser o mandante do assassinato do prefeito Chico Pernambuco. Katsumi Yuji, deve ir a júri na próxima quarta-feira (17). Ele foi preso durante uma operação da Polícia Federal (PF) em conjunto com a polícia da Bolívia no último dia 10 de agosto.

Katsumi Yuji Ikenohuchi Lema é suspeito de ser o mandante do assassinado de Chico Pernambuco.  — Foto: Divulgação

Katsumi Yuji Ikenohuchi Lema é suspeito de ser o mandante do assassinado de Chico Pernambuco. — Foto: Divulgação

Comentários