Jaru Online
Jaru, 25 de fevereiro de 2024

Avião com cinco pessoas faz pouso de emergência devido a mau tempo em Rondônia

Um avião bimotor de pequeno porte precisou fazer um pouso de emergência na zona rural do município de Corumbiara (RO), durante o fim de semana. Segundo o Corpo de Bombeiros, na aeronave viajavam cinco pessoas, e ninguém ficou ferido.

O Corpo de Bombeiros de Vilhena recebeu o chamado de resgate, após receber a informação de que uma aeronave havia perdido contato nas proximidades da cidade de Vilhena. A equipe se deslocou até a linha 1 eixo, Corumbiara, onde encontrou a aeronave intacta.

No local, o piloto e o copiloto relataram que o pouso de emergência foi bem sucedido, e os cinco ocupantes da aeronave estavam estavam bem e ilesos.

Aos bombeiros, o piloto relatou ainda que encontrou um mau tempo quando estava na altura do município de Corumbiara, e por segurança decidiu fazer o pouso.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) informou ao g1 que foi notificado da ocorrência envolvendo a aeronave de matrícula PP-JAH. “Os dados do incidente estão sendo coletados e a ocorrência será tratada conforme os preceitos do Anexo 19 à Convenção sobre Aviação Civil Internacional”, diz.

Rondônia registrou mais de 30 ocorrências com aviões em cinco anos

 

Entre 2019 e 2023, Rondônia registrou mais de 30 ocorrências envolvendo aeronaves. As informações são do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), por meio do Sistema de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Sipaer).

Rondônia registrou mais de 30 incidentes aéreos em 5 anos — Foto: Rondônia News/Reprodução

Rondônia registrou mais de 30 incidentes aéreos em 5 anos — Foto: Rondônia News/Reprodução

As ocorrências foram categorizadas como ‘acidentes’, ‘incidentes’ e ‘incidentes graves’. Durantes 5 anos foram registrados em Rondônia:

  • 13 acidentes;
  • 16 incidentes;
  • 2 incidentes graves.

 

Entre os fatores que contribuíram para as ocorrências aéreas estão a atitude do piloto, supervisão gerencial, julgamento de pilotagem, manutenção da aeronave, sistema de apoio e aplicação de comando.

Em relação aos modelos de aeronaves, o monomotor Cessna 208 (C208) foi o ‘mais envolvido’ em incidentes. Por outro lado, quando se trata de acidentes, as aeronaves ultraleves (ULAC) lideram.

Casos mais recentes; dois aviões caíram e quatro pessoas morreram em 2023

 

Os acidentes aéreos mais recentes aconteceram em período de menos de dez dias entre os meses de julho e agosto. Os dois aviões de pequeno porte caíram em Rondônia e provocaram a morte de quatro pessoas.

O primeiro acidente foi no dia 20 de julho, quando um monomotor caiu na zona rural de Alta Floresta D’Oeste. O proprietário do avião, identificado como Samuel Gonçalves de Castro, e um pedreiro, conhecido como Josias, morreram no acidente. A aeronave caiu em uma chácara perto da entrada da cidade.

Acidentes aéreos em Rondônia; dois aviões caíram em dez dias — Foto: Reprodução

Acidentes aéreos em Rondônia; dois aviões caíram em dez dias — Foto: Reprodução

Já no dia 29 de julho, um bimotor caiu na zona rural em Vilhena (RO), próximo da divisa com o Mato Grosso, e matou o pecuarista e piloto Garon Maia Filho e seu filho, Francisco Veronezi Maia, de apenas 11 anos.

O avião Beechcraft Baron 58 decolou do aeroporto de Vilhena (RO) por volta de 17h50 e desapareceu do radar minutos depois. O bimotor foi encontrado e foi possível identificar que ele se chocou violentamente contra árvores de uma mata fechada em Vilhena.

G1 RO


COMPARTILHAR