Após intensa perseguição, quadrilha chefiada por taxista é presa com 9 quilos de maconha

Após intensa perseguição, quadrilha chefiada por taxista é presa com 9 quilos de maconha

Oito criminosos foram presos durante uma ação da Polícia Militar, na noite desta quinta-feira em Vilhena. Com eles foram apreendidos cerca de 9 quilos de maconha. O bando já era investigado e acabou caindo após uma guarnição flagrar a negociação da droga.

Jhonneth S.S., (35), Wesley R.S, (23), Willian R.S., (22), Pablo H.B.A.S., (19), Sara F.A., (20), Hellon K.P.V., (23), Ivanir B.J., (20), e uma adolescente de 15 anos, foram presos durante investigação do 3° batalhão, que contou com apoio do Patrulhamento Tático Móvel (Patamo), em uma residência na Avenida 7 de Setembro, região central de Vilhena.

A ocorrência narra que os militares já estavam investigando Jhonneth como traficante. Ele é taxista e havia suspeita que ele usava seu veículo para distribuição de drogas pelas bocas de fumo da cidade. Uma equipe da PM, ao avistar uma das transações, pediu apoio do Patamo e de outras guarnições de serviço, que passaram a monitorar o táxi e observaram quando a adolescente e Pablo e entraram em uma casa e depois saíram com uma sacola.

Foi dada ordem de parada e durante a abordagem foram encontrados três tabletes de maconha, cerca de um quilo e meio de droga. Durante diligências os policiais seguiram a uma residência na Avenida 7 de Setembro e observaram quando os irmãos Wesley e Willian saíram em uma motocicleta e ao perceberem a presença dos policiais acabaram fugindo, dando início a uma intensa perseguição por várias ruas. Os criminosos foram fechados pela viatura, bateram no carro, mas mesmo assim continuaram a fuga, mas acabaram colidindo frontalmente contra uma outra viatura.

Com os criminosos foram encontrados um tablete de maconha. Os militares retornaram para a casa e encontraram Hellon, Ivanir e Sara. Durante revista os policiais encontraram 17 tabletes de maconha em uma sacola, totalizando quase nove quilos de droga.

Comentários