VITÓRIA – Deputado Lucio Mosquini anuncia, Aneel indefere pedido de aumento para Energisa

VITÓRIA – Deputado Lucio Mosquini anuncia, Aneel indefere pedido de aumento para Energisa

O deputado federal Lucio Mosquini, coordenador da bancada federal de Rondônia, participou nesta terça-feira, 15 de outubro, de uma audiência na sede da Aneel, juntamente com demais parlamentares, lutando pela rejeição do pedido de reajuste tarifário em Rondônia.
O resultado foi positivo, Rondônia conquistou uma vitória, sendo que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) negou o pedido de revisão tarifária extraordinária (RTE) da Energisa Rondônia (antiga Ceron), concessionária adquirida pelo Grupo Energisa em processo de privatização realizado pela Eletrobrás em agosto de 2018.
A reunião aconteceu na sede da agencia em Brasília, e também participaram representantes da Energisa, e o presidente da ALE de Rondônia deputado Laerte Gomes.
O deputado Lucio Mosquini explicou que o reajuste tem sido motivado, segunda a Energisa, em cima de um deságio no patrimônio líquido dela, o que não está correto segundo argumentou o Parlamentar. “Quando foi realizada a concessão desse serviço público para a Energisa ela já tinha conhecimento de todo patrimônio líquido que a empresa (Ceron) possuía”.
“Em Rondônia ninguém pode falar mais de aumento de energia, até parece que a bancada federal que pode votar ou não pelo aumento, mais se assim for, eu manifesto o voto em nome dos onze parlamentares, como líder da bancada federal, pelo não aumento da tarifa”, exclamou Mosquini.
Segundo a Aneel, técnicos da agência não conseguiram realizar a conciliação físico-contábil dos ativos reportados pela Energisa Rondônia, fruto de inconsistências no laudo de avaliação entregue pela companhia. Mesmo após fiscalização in loco na sede da empresa em setembro passado, os problemas não foram sanados. Diante disso, a conclusão da Aneel foi à de que não era possível saber se, de fato, todos os ativos apresentados pela concessionária existiam e nem valorá-los de forma correta. “Não tínhamos segurança nos dados para avançar no processo de revisão tarifária”, afirmou o diretor-geral da Aneel, André Pepitone.
O deputado Lucio Mosquini reiterou o compromisso de continuar lutando e defendendo a população de Rondônia. “A bancada federal de Rondônia está vigilante e vamos continuar lutando para defender os interesses do povo do nosso Estado”, finalizou o Congressista.