Polícia deflagra operação contra a prática do jogo do bicho em RO

Polícia deflagra operação contra a prática do jogo do bicho em RO

A Polícia Civil deflagrou a Operação Arca de Noé para combater a prática do jogo do bicho em Ji-Paraná e Cacoal no fim desta semana. A ação, realizada em conjunto com as delegacias regionais de ambas as cidades, resultou na condução de 26 pessoas – 19 em Ji-Paraná e sete em Cacoal.

A força-tarefa contou com 30 policiais e 12 viaturas da corporação. Entre os materiais apreendidos estão máquinas de jogo de bicho, extratos dos jogos, blocos de anotações de apostas, cadernos, dinheiro, recibos, balcões de apostas e mini-impressoras.

Em meio aos trabalhos de busca e apreensão, 26 pessoas precisaram ser conduzidas. Em Ji-Paraná, foram 19, enquanto em Cacoal, apenas sete.

Conforme o delegado geral da Polícia Civil, a apreensão dos materiais “desmobiliza essas gangues e quadrilhas que alimentam outras práticas criminosas, inclusive o tráfico de drogas”.

O que é o jogo do bicho?

A prática criminosa é uma bolsa ilegal de apostas em números representadas por animais. Segundo a Polícia Civil, foi inventado em 1892 pelo barão João Batista Viana Drummond, fundador do Jardim Zoológico do Rio de Janeiro.

O jogo do bicho é considerado uma contravenção no país, conforme o artigo 58 da Lei de Contravenções Penais.

As pessoas que mantêm a prática podem ser multadas ou presas. Os apostadores também podem ser multados.

Comentários