CERON OLHO GATO 728-X-90-px

Jaru: PT define três pre-candidatos a prefeito, Juscimar Telek, Ana Cássia Pelozato e o vereador Evaldo

Jaru: PT define três pre-candidatos a prefeito, Juscimar Telek, Ana Cássia Pelozato e o vereador Evaldo

SEGURANÇA Publica_728x90

Com a convicção de que a luta sempre continuará pela coibição da corrupção e pelo respeito à democracia, à igualdade social e bem comum a toda população nos municípios, estados e no País, o Partido dos Trabalhadores no município de Jaru, reuniu sua militância, neste sábado (30), na chácara Denardi, para debater sobre o atual cenário político brasileiro e deliberar sobre o processo eleitoral deste ano no município e sua incisiva participação.

O partidário Carlos Henrique, presidente do Diretório Municipal, com a presença de centena de militantes, do vice-presidente do Partido no Estado, Manoel Carlos Dantas, dos parlamentares pela sigla – deputado estadual Lazinho da Fetagro e vereadores Benildo Márcio, Josemar da 34 e Professor Evaldo, e de outras lideranças como a ex-prefeita Sonia Cordeiro, conduziu o encontro sob brado de que o “Partido dos Trabalhadores e toda sua militância não fugirão da luta e não se acovardará diante das injustiças cometidas à gestão petista no município, estando determinado e encorajado para manter e conquistar espaços na política local e atuar pelo crescimento e desenvolvimento de Jaru”.

Sob forte entusiasmo, confiança e determinação, o PT de Jaru apresentou 25 nomes para pré-candidaturas a vereador (a) e três nomes para pré-candidatura à majoritária, sendo os petistas Juscimar Telek, ex-vereador, Ana Cássia Pelozato, jovem advogada, e o vereador Evaldo.  Os nomes definidos para a proporcional são: Ana Abel, Carlos Henrique, Leonildo Baratela, Reginaldo de Jesus, Sebastiana Gomes, Jean Gonçalves, Benildo Márcio, Josemar da 34, João Chen Inácio Mendes, João Matias Vieira, Renato Correia, Elessandra Dutra, Fabio Aparecido Dobri, Valdivino Rodrigues, Eduardo Crepaldi, Jandira de Souza Oliveira, Wanderlei Dias da Silva, Ivani Alves Pereira, Givaldo Feitosa de Lima, Lucy Teles, Leomar Manoel, Clemilson Rodrigues de Aguiar, Luiz Ferreira da Silva e Selma Moura. A nominata será levada a avaliação e aprovação pelo Partido e população nos próximos dias.

Outra deliberação do encontro refere-se à constituição de um Grupo de Trabalho Eleitoral com o compromisso de abrir diálogo com os demais partidos no município para possível coligação partidária, pois é de compreensão do diretório e militantes a necessidade de haver composição para que seja construído um projeto político preciso e real para Jaru.

Análise de Conjuntura

O vice-presidente do PT Estadual, Manoel Carlos Dantas, e o deputado Lazinho da Fetagro fizeram uma análise de conjuntura sobre a crise política instalada no País. As lideranças denunciaram a tentativa de golpe aplicada ao governo da Presidente Dilma Rousseff com o avanço do processo de impeachment, uma vez que não houve constatação de nenhum crime cometido pelo governo Dilma. Dantas trouxe esclarecimentos e orientações do Partido em nível nacional e estadual para a defesa da democracia e o enfrentamento ao golpe, mas também diretrizes para a disputa eleitoral na esfera municipal este ano.

Em relação à crise política, Lazinho da Fetagro apontou que o que está em jogo é uma disputa de classe e discordância de projeto político. “A direita não aceita o projeto político de inclusão social, popular, de busca ao fim da desigualdade social, de que haja um Brasil desenvolvido para todos e, para isso, estão infringindo a democracia e a Constituição”, disse.

O deputado reafirmou o posicionamento do Partido e de milhares de brasileiros em repudiar o golpe que está sendo instalado no País, porque defendem que o Regime Democrático tem que ser respeitado; e a Constituição Brasileira e o Poder Judiciário precisam proteger esse regime recentemente implantado no Brasil.

Fonte: Assessoria do PT

 

IMG-20160430-WA0001

IMG-20160430-WA0028

IMG-20160430-WA0079

>SEDAM QUEIMADAS