Padrasto pode ter matado menino de 5 anos encontrado estrangulado em rio; Polícia pede ajuda

Padrasto pode ter matado menino de 5 anos encontrado estrangulado em rio; Polícia pede ajuda

Em uma postagem no Facebook, o diretor do Departamento de Polícia do Interior, delegado Arismar Araújo de Lima pediu apoio da população rondoniense para a que ajude a Polícia a localizar Oclecio da Cruz Almeida, principal suspeito pela morte do menino Natan, de apenas 5 anos, encontrado no Rio Machado, proximidades de Castanheiras. O homem é padrasto da vítima.

Segundo o delegado, o garoto foi estrangulado e teve o corpo jogado no rio. Oclecio convivia com a mãe da criança e também sumiu. “Não sabemos se ela é coautora ou outra vítima”, afirmou.

Ainda de acordo com o delegado, o homem foi visto pela última vez na madrugada desta segunda-feira em Presidente Médici em um veículo Santana, cor azul, de placas NBE8071, Cacoal.

Informações podem ser repassadas à Polícia Militar através do telefone 190 ou ainda 197, da Polícia Civil.

 

Comentários