Operação é realizada para coibir aglomerações na Vila Calderita em Porto Velho

Publicada em


Uma operação foi realizada pela Polícia Militar (PM) no último sábado (12) em um balneário de Porto Velho com o objetivo de coibir aglomerações, além de possíveis crimes ambientais e de trânsito. A aglomeração de pessoas está proibida por decreto estadual devido a pandemia do novo coronavírus.

Segundo informações da PM, a operação aconteceu na Vila Calderita, localizada a cerca de 45 quilômetros da capital, na margem do rio Jamari.

O local costuma ser procurado por banhistas, principalmente aos finais de semana, durante os meses de clima quente e seco. Nas últimas semanas, diversas denúncias foram feitas de aglomerações, festas e consumo de bebidas alcoólicas em excesso na vila.

Durante a operação foram abordados 27 automóveis, 11 bicicletas e 12 embarcações. Um bloqueio foi montado na estrada para verificar a condição dos condutores e documentação, além da realização de teste do bafômetro e a presença de um guincho.

Participaram agentes de batalhões da Polícia Ambiental, Polícia de Trânsito, Bope, Batalhão de Choque e Marinha.

De acordo com a polícia, todos os finais de semana ações como essa serão realizadas em locais que possam estar ocorrendo infrações ambientais, de trânsito e ao decreto de calamidade pública.

Blitz foi realizada na estrada que dá acesso à vila — Foto: PM/Divulgação

 

Embarcações foram fiscalizadas durante a operação — Foto: PM/Divulgação

 

Fonte: g1.com