Mulher morre afogada em draga que afundou no Rio Madeira, ela teria voltado para buscar documentos

Mulher morre afogada em draga que afundou no Rio Madeira, ela teria voltado para buscar documentos

Na manhã desta segunda-feira (04), após a notícia de que uma draga havia afundado no Rio Madeira, próximo à Vila da Penha, mergulhadores das Dragas se mobilizaram e passaram a buscar o corpo da mulher que estava na draga que afundou.

A mulher foi identificada como Juliete Silva, 28 anos, moradora de Nova Mamoré/RO que trabalhava na draga. Segundo informações, ela já teria saído de dentro da draga, porém voltou para buscar uma documentação e não conseguiu mais sair por conta da água que tomou conta da embarcação.

O corpo foi localizado pelos mergulhadores dentro de um dos compartimentos da draga. O corpo de bombeiros foi ao local para fazer a remoção do corpo que passou por uma perícia da Politec.

O médico legista realizou a necropsia para determinar a causa da morte e liberou o corpo para a funerária de plantão.

Fonte: Mamoré Agora

Comentários