Mulher e criança ficam feridas após explosão em embarcações no Porto de Guajará

Publicada em


Duas embarcações pegaram fogo, na noite de quarta-feira (25), após uma explosão no Porto de Guajará-Mirim (RO), fronteira com a Bolívia. Uma mulher e uma criança ficaram feridas por causa do incêndio.

Segundo informações repassadas ao Corpo de Bombeiros, o incêndio teria começado após uma colisão entre os barcos no rio Mamoré.

Isso porque a mulher cozinhava dentro de barco e em certo momento a outra embarcação, carregada com gasolina, bateu no barco da vítima e as chamas do fogão se espalharam rapidamente.

O incêndio de grande proporção atingiu as duas embarcações, e a mulher a filha ficaram com queimaduras graves.

A polícia apurou que em dentro dessas embarcações havia quatro botijas de gás. Suspeita-se que a gasolina que estava no barco seja contrabandeada.

Embarcação ficou destruída após chamas se espalharem — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Embarcação ficou destruída após chamas se espalharem — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

A mulher a criança foram internadas no Hospital Regional de Guajará, mas devem ser transferidas para Porto Velho nesta quinta-feira (26).

A Rede Amazônica apurou que a mãe teve 30% do corpo queimado.