Mourão palestra na abertura da 1ª feira de agronegócio da Amazônia em ambiente virtual e 3D, em RO

Publicada em


O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, vai participar da abertura da 1ª Feira de Agronegócio da Amazônia (Agrolab Amazônia), que acontece em ambiente virtual e 3D. O evento será realizado entre os dias 22 e 24 de setembro e conta com participação de mais de seis países, além de todos os nove estados que compõe a Amazônia Legal.

O projeto é conduzido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e ocorrerá por meio de uma plataforma online, permitindo que o participante navegue por ambientes virtuais através de um avatar, ou seja, um “cibercorpo” digital.

A abertura oficial da feira começa às 18h (horário de Brasília):

  • 18h – Abertura Oficial;
  • 18h10 – Saudações iniciais de boas vindas do Sebrae em Rondônia, Conselho Deliberativo do Sebrae/RO, Sebrae Nacional, Conselho Deliberativo Nacional e Governo de Rondônia;
  • 18h30 – Exibição de vídeos de Turismo dos estados da Amazônia Legal;
  • 18h45 – Palavra dada a entidades e autoridades: Abase Norte, Suframa, Embaixadas, Coseagri, Asbraer, Superintendências Federais do MAPA, Embrapa, Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia, Parlamento Amazônico, Consórcio dos Estados da Amazônia e Senado Federal;
  • 19h15 – Apresentação técnica da Agrolab Amazônia; e
  • 19h30 – Discurso de abertura com do Vice-Presidente da República, Hamilton Mourão.
Ambiente virtual que os participantes terão acesso na 1ª Agrolab  — Foto: Agrolab Amazônia/Reprodução

Ambiente virtual que os participantes terão acesso na 1ª Agrolab — Foto: Agrolab Amazônia/Reprodução

A feira contará com participação internacional de países como: Bolívia, China, Estônia, Estados Unidos, Israel, Peru e União dos Países Africanos, além da participação de todos os estados que fazem parte da Amazônia Legal.

Entre os objetivos está apoiar e promover os negócios agrários. O evento também busca solucionar os problemas vivenciados na Amazônia, com alternativas que aliem desenvolvimento sustentável e crescimento econômico através da integração do Parlamento Amazônico, entidade que congrega as Assembleias Legislativas dos nove estados que compõem a Amazônia brasileira.