Jovem de Porto Velho morre na Austrália e família tenta arrecadar dinheiro para translado

Publicada em


Familiares e amigos do jovem Hiago Marcel Souza Silva, de 26 anos, que morreu na Austrália no último domingo (5), tentam arrecadar aproximadamente R$ 20 mil para trazer o corpo do jovem a Porto Velho.

Ele morava na Austrália há cerca de 1 ano e segundo informações preliminares, morreu enquanto dormia. Uma amiga que dividia apartamento com Hiago diz que tentou acordá-lo, mas ele não respondeu.

Ela falou do acontecido para amigos de Porto Velho, que avisaram aos pais de Hiago.

“A amiga que estava morando lá disse que ficou desesperada tentando acordar ele, mas ele simplesmente não acordou. Ele não acordou. A gente teve que dar a notícia para os pais no sábado de manhã, que já era domingo na Austrália. E foi um momento dificílimo”, conta Ananda Figueiredo, amiga de Hiago que organiza a arrecadação.

Ainda segundo Ananda, exames feitos na Austrália apontam que possivelmente o jovem morreu de causas naturais.

Hiago se formou em direito, mas não exerceu profissão na área, resolveu mudar de país para fazer um intercâmbio e trabalhar.

G1 entrou em contato com o Ministério das Relações Exteriores, responsável pela coordenação de translado de corpos de brasileiros falecidos em outros países, e até a publicação desta matéria não recebeu retorno sobre o atestado de óbito e quais apoios são prestados à família.

Arrecadação

Para ajudar nos custos dos translado, velório e funeral está aberta uma corrente solidária online que recebe doações de qualquer valor.

fonte: g1.globo