Ji-Paraná está em alerta para possível surto de dengue, segundo Vigilância em Saúde

Ji-Paraná está em alerta para possível surto de dengue, segundo Vigilância em Saúde

Um levantamento realizado entre os dias 22 e 30 de outubro destaca o estado de alerta do Aedes aegypti em Ji-Paraná (RO), município distante aproximadamente 377 quilômetros de Porto Velho. De acordo com o Departamento de Vigilância em Saúde, os dados constataram que a infestação predial relativa ao mosquito da dengue, ou número de imóveis que possuem o mosquito,está em 2,70%.

De acordo com o Ministério da Saúde este número já faz o município ficar em estado de alerta para o surto de dengue. Segundo a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Emanoela Sousa, o resultado é preocupante, e requer que a população participe com maior efetividade na prevenção e no combate a eliminação dos criadouros do mosquito, visando manter o controle dos casos de dengue.

“O relatório apontou que 80% dos criadouros estão dentro dos quintais. Para combater o mosquito é preciso que a população colabore e elimine os locais que acumulam água. A recomendação é não deixar água parada e organizar uma rotina de limpeza semanal das residências e locais de trabalho”, destacou Emanoela.

Os bairros mais afetados no município são: Nova Brasília, Jardim dos Migrantes, Casa Preta, São Cristovão, Urupá, Primavera, Aurélio Bernardes, São Pedro, Vila Capelasso, Novo Horizonte, Jardim Flórida, Dom Bosco e o Distrito Industrial.

Desde o início do ano já foram registrados 150 casos suspeitos de dengue, 69 casos notificados de zika e 83 casos notificados para chikungunya.

Ao perceber sintomas como: febre alta, erupções cutâneas e dores musculares e articulares a pessoa deve procurar imediatamente atendimento nos postos de saúde do município.

Comentários