Jaru: Vereador propõe projeto de lei que permite gestante optar por cesárea na hora do parto

Publicada em


O vereador Renato Cabeleireiro (PSDB) propôs na sessão desta segunda feira (29) na Câmara Municipal de Vereadores de Jaru, um Projeto de Lei que permita as gestantes optarem a partir da trigésima nona semana de gravidez, pelo parto Cesariano, ou ainda pela “Analgesia”, quando essa optar pelo parto normal.

A Analgesia é usada no parto normal, promove a perda da sensibilidade da dor, mas é possível se mexer e andar dependendo da dose, além de manter a capacidade de sentir pressão. Assim como a Anestesia, a Analgesia também é aplicada nas costas, na região lombar, com uma agulha.

A propositura prevê que a cesariana eletiva será realizada, desde que a gestante tenha sido conscientizada sobre os benefícios do parto normal, e dos riscos da cesariana.

Esta indicação vem após a morte de um bebê no útero da mãe, na 40ª semana de gestação. A mãe da criança da criança disse que procurou o hospital municipal de Jaru por duas vezes para realizar o parto, porém foi recomendada a retornar para sua casa, o bebê morreu no dia 24 de maio.

Caso a indicação se torne projeto e seja aprovada, situações como esta, poderão ser evitadas.