Jaru: Vacina com a AstraZeneca é suspensa temporariamente

Publicada em


Após recomendação da Anvisa, Coordenação estadual de Imunização de Rondônia, orienta o município de Jaru a suspender temporariamente vacinação com AstraZeneca para grávidas e puérperas.
Após recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, o município de Jaru suspendeu temporariamente a imunização de grávidas e mulheres no pós-parto até 45 dias com a vacina da Oxford-AstraZeneca.
De acordo com a secretária de saúde, Tatiane de Almeida Domingues, depois da orientação, a campanha marcada para esta terça-feira (11), foi paralisada e que a prefeitura aguarda um posicionamento oficial do Ministério da Saúde sobre a vacinação deste público.
Na oportunidade, Tatiane também aproveitou para tranquilizar quem já recebeu a primeira dose da vacina. “Não há com o que se preocupar, esse é um imunizante que faz parte do nosso calendário desde o início da campanha de vacinação contra a Covid-19, inclusive algumas pessoas já receberam a segunda dose, e não tivemos nenhum caso de evento adverso”, explicou.
Ainda segundo Tatiane, as gestantes e puérperas continuam sendo prioridades, de acordo com o Plano Municipal de vacinação contra Covid-19. “Retornaremos a vacinar esse público assim que for possível”, finalizou.
Fonte: Assessoria