Jaru: Tribunal do Júri condena réu acusado de tentativa de feminícidio

Publicada em


Aconteceu nesta terça-feira (21), o penúltimo julgamento do 1ª Reunião Ordinária do Tribunal do Júri do ano de 2022.

 

A justiça de Jaru julgou na data de ontem Wallison Mota Da Silva (Réu Solto) por tentativa de feminícidio contra sua companheira ocorrida na véspera de Natal de 2018.

 

Motivado por ciúmes o acusado atentou contra vida da parceira com golpes de faca, sua amásia, ficou dias internada em estado grave em Porto Velho e sobreviveu.

 

O réu foi sentenciado a cinco anos, 6 meses e 5 dias em regime aberto, mas como ele já cumpriu um pouco mais de um ano, resta cumprir pouco mais de quatro anos de pena.

 

O Tribunal do Júri se encerra na próxima quinta-feira (23) com julgamento de Ademilson Soares Dias, acusado de Tentativa de Homicídio qualificado.