JARU: Polícia Civil cumpre mandado de prisão em desfavor de “Tim” por tentativa de feminicídio às vésperas do natal

JARU: Polícia Civil cumpre mandado de prisão em desfavor de “Tim” por tentativa de feminicídio às vésperas do natal
ELETROSSOL NORTE JARU Instalação energia solar

Após ter prisão decretada pela justiça, a Polícia Civil com o apoio dos delegados DR. Ary Batista Battisti e DRª Caritiana da Silva Cuelar, cumpriram o mandado e prenderam no inicio da tarde desta quarta feira(09), Wallison da Silva Mota, acusado de ter espancado e esfaqueado sua cônjuge, Ana Cristina, durante um ataque de ciúmes, com a qual estava junto à cerca de seis meses.

No dia 24 de dezembro, às vésperas do Natal, Tim teria visto uma mensagem no celular de Ana a qual ele considerou suspeita, quando então ele teria tido uma crise de ciumes e arrombou a porta do banheiro onde ela tomava banho e a perfurou diversas vezes a golpe de faca e também desferiu violentos chutes em seu rosto.

Na manhã do dia 27 de dezembro, Tim se apresentou a Policia Civil acompanhado por um advogado ele alegou a polícia problemas psicológicos, e não se lembrar do que havia feito, e como na ocasião o Juiz ainda não havia expedido o mandado de prisão em seu desfavor, ele acabou sendo liberado e saindo pela porta da frente.

Porém no inicio da tarde de hoje(09), após a autorização do Juiz, foi expedido o manado de prisão e a Polícia conseguiu localizar e capturar o jovem Wallison, que foi conduzido até a Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP), e posteriormente levado até a casa de detenção do Município onde cumprirá pena por tentativa de feminicídio, e aguardará à disposição da justiça.

 

 

Comentários