Jaru: Policia Ambiental intensifica fiscalização no Rio Jaru durante piracema

Publicada em


 

 

A Polícia Ambiental realizou no Rio Jaru neste domingo (24), uma ação de fiscalização com objetivo de inibir pescas predatórias durante a piracema, época de reprodução dos peixes nativos.

 

O período da piracema se iniciou no dia 1° de novembro e vai até o próximo dia 28 de fevereiro.

 

Até esta data, a pesca de espécies nativas em vários trechos de rios da região está proibida, quem não cumprir as determinações pode pagar multa e também ser detido por crime ambiental, previsto na Lei 9605/98.

 

Os policiais que realizaram a fiscalização neste domingo ressaltaram que é totalmente proibida a pesca com apetrechos profissionais, além da pesca embarcada em trechos de água corrente ou qualquer outro dispositivo flutuante.

 

As pescas são permitidas nos rios e reservatórios, desde que atenda os seguintes critérios:  pesca desembarcada utilizando linha de mão, caniço, vara com molinete ou carretilha, apenas de espécies não nativas, sem limite de captura para pescador profissional e 10 kg + 1 exemplar para pescador amador.

Para portar o equipamento de pesca e o pescado, é importante que o pescador mantenha sua licença atualizada.