Jaru: Moradores impedem DER de recolher madeira doada por eles e cobram recuperação de ponte que rodou a mais de 50 dias

Publicada em


Produtores rurais da altura do km 23 da linha 621, divisa da cidade de Jaru e Governador Jorge Teixeira, impediram na tarde desta sexta-feira (14), que servidores do DER recolhessem a madeira de uma ponte que rodou no local, no dia 6 de dezembro do ano passado. Segundo informado o material foi doado por eles na época da construção desta ponte que foi levada pela chuva, e não deve ser retirado para utilização em obra, em outra localidade.

 

Na oportunidade os moradores cobraram uma ação do DER na reconstrução, mesmo que de forma paliativa da ponte sobre o Rio Ubirajara, “estamos a mais de 50 dias isolados, a única ação feita aqui neste período foi pelos produtores que fizeram uma passagem improvisada aonde pessoas se arriscam se equilibrando para fazer a travessia”, relataram os moradores, os quais também criticaram uma inoperância atribuída ao diretor regional do DER de Jaru, Orlando Costa dos Anjos e diretor geral do órgão Elias Rezende.

 

Moradores e outras pessoas que necessitam passar pelo local são obrigadas a deixar seus veículos na margem do outro lado do rio e realizar a travessia a pé, isto tem sido feito durante todo este período. O DER não tem previsão de recuperar a ponte nos próximos 30 dias.