Jaru: Marlene Vaz Lopes não resiste e vem a óbito vitima das sequelas da Covid-19

Publicada em


E com pesar que noticiamos que Marlene Vaz Lopes, 53 anos, não resistiu e veio a óbito na noite desta segunda-feira (08} , vitima de sequelas da Covid-19.

 

Marlene faleceu no hospital Samar, em Porto Velho, ela necessitou ser transferida a cerca de duas semanas da UTI de Jaru para a capital, pois a unidade em que ela foi internada dispõe de equipamentos para realização de hemodiálise.

 

Marlene era muito conhecida no município de Jaru pelo desempenho de suas atividades com a empresa Tupperware e também por ser mãe do vereador Rafael Vaz Lopes, que durante todo período de sua internação, manteve a sociedade informada pelas redes sociais sobre o quadro clínico dela.

 

Em suas publicações Rafael, sempre demostrou fé e otimismo mesmo diante a situação gravíssima em que sua mãe se encontrava, a situação criou comoção e correntes de orações foram feitas a situação criou comoção e correntes de orações foram feitas.

 

Cada atualização do boletim de saúde de Marlene, era esperado com muita expectativa, no entanto nem sempre as notícias eram boas.

 

Marlene era casada com Amos e tinha 4 filhos, seu corpo será transladado para Jaru nesta terça-feira (09), onde será velado na Igreja Presbiteriana Renovada.

 

A notícia veio através de uma publicação do Rafael Lopes.