Jaru: Golpista lucra vendendo armário de vítima para loja de móveis usados 

Publicada em


 

Um armário de madeira e uma geladeira foram recolhidos pela polícia de uma loja de móveis usados após ser constatado um golpe na transação.

 

A primeira vítima, uma mulher que anunciou no Facebook a venda de um armário de madeira por R$ 800,00, foi contatada pelo golpista que se apresentou como “Maria” e lhe ofereceu R$ 600,00, valor aceito.

Em seguida o golpista enviou uma caminhonete de frete para buscar o móvel, que foi entregue pela vítima antes da confirmação do recebimento do Pix do valor combinado.

 

Ao perceber que caiu no golpe, a vítima saiu pela cidade e encontrou seu armário já a venda em uma loja de móveis usados, a responsável pelo estabelecimento relatou que comprou o móvel por R$ 400,00 de uma pessoa cuja a negociação foi feita por WhatsApp e o número foi confirmado ser o mesmo que comprou e não pagou a primeira vítima.

 

A representante da loja também informou a polícia ter comprado do golpista uma geladeira por R$ 80,00.

Em ambas transações, o freteiro recebeu pelos serviços.

 

Diante os fatos os móveis foram transportados para UNISP, para adoção das devidas providências.