Jaru: Frentista “toca” mendigo de estabelecimento jogando água com uma mangueira

A filmagem enviada a este site, demostra apenas a parte final da ação, supostamente empregada no objetivo de afugentar do local, um mendigo com deficiências mentais.
O vídeo registra o momento que um responsável pelo posto, localizado na Avenida JK, joga água com uma mangueira no morador de rua, gesticula e profere palavras.
O autor do vídeo narra a situação e classifica o ato como uma covardia.
Como justificativa, o homem que molhou o morador de rua, teria dito que o mendigo importunava o ambiente e se negava a se retirar, ele estaria defecado e com grande mau cheiro, ocasião que ele resolveu usar a água, mas no sentido de banha-lo.
O caso aconteceu na terça feira (08) e até esta quarta-feira (09) recebemos quatro denúncias deste caso, alguns até que ponderavam pela necessidade de um local para acolhimento de moradores de rua, porém outros consideraram totalmente desproporcional e desumana a ação empregada.