JARU: Câmara antecipa eleição e elege nesta segunda feira, Nova Mesa Diretora para o biênio 2019-2020

JARU: Câmara antecipa eleição e elege nesta segunda feira, Nova Mesa Diretora para o biênio 2019-2020
ELETROSSOL NORTE JARU Instalação energia solar

A Câmara Municipal de Vereadores elegeu em sessão extraordinária promovida na tarde desta segunda feira (18), a Nova Mesa Diretora para o biênio 2019- 2020.

 

José Cláudio Gomes da Silva, popular “Amarelinho” concorreu em chapa única e foi reeleito presidente do Poder Legislativo Municipal.

 

A votação foi aberta com a presença dos 15 vereadores, a única chapa recebeu 14 votos favoráveis e 1 voto contrário, o do vereador Carlinhos da Denisia.

Foram eleitos: Amarelinho como presidente; Ilson Pedro Felix (Ilson Félix) como vice-presidente; Francisco Baquer (Chico Baquer) como primeiro secretário; Edmar Parlote como segundo secretário.

 

Para o presidente reeleito, o resultado quase unanime, é reflexo de uma nova fase do Poder Legislativo “o consenso prevalecido no Parlamento Municipal, demostra o bom entendimento e afinidade entre seus integrantes, o que possibilita o desempenho de ações voltadas ao interesse da sociedade”, frisou Amarelinho que novamente se comprometeu a trabalhar e fazer o seu melhor, na condução do Legislativo Municipal.

 

O presidente ainda destacou que esta harmonia se estende ao relacionamento com Executivo Municipal, favorecendo assim o trabalho em benefício da população.    

 

Amarelinho, foi eleito vereador pela primeira vez em 2012, em 21 de maio de 2015 assumiu pela primeira vez a presidência da Câmara de Vereadores, ocasião que desempenhou uma gestão com garra e seriedade em meio a um dos períodos políticos mais conturbados da história de Jaru, prisão do ex-presidente da Câmara Valdecir Orlandini e cassação da ex-prefeita Sonia Cordeiro.

 

Em 2016 amarelinho reelegeu vereador, no início de 2017 foi reeleito Presidente da Câmara, e neste último dia 18 de setembro, foi novamente reeleito Presidente por meio de eleição antecipada.

Diferente de pelo menos três presidentes que lhe antecederam, Amarelinho não se envolveu em nenhum ato de corrupção.

 

Até o presente momento, não existe contra ele nenhum inquérito investigativo, ação civil pública ou qualquer sansão imposta pelo Tribunal de Contas.

 

Para Amarelinho esta situação não é motivo de orgulho, pois entende que todo gestor público, tem por obrigação ser honesto.

“Meu compromisso é de trabalhar para fazer o melhor para o bom andamento da Casa e contribuir com o desenvolvimento de Jaru. Vou continuar agindo com responsabilidade, com transparência e com o diálogo em primeiro lugar”, finalizou.

O Prefeito João Gonçalves Junior e o vice-prefeito Jeverson Lima estiveram presente na votação

.. ..

 

Comentários