Incentivo fiscal para evitar que companhias aéreas cancelem voos para Rondônia é discutido na ALE

Incentivo fiscal para evitar que companhias aéreas cancelem voos para Rondônia é discutido na ALE

A crise na aviação civil também atingiu Rondônia, grandes companhias áreas já anunciam cancelamento de voos para Porto Velho, situação que irá incidir nos preços das passagens.

Esta situação foi evidenciada esta semana pelos deputados estaduais durante apresentação do Projeto de resolução 013/2019 de autoria do deputado Cirone Deiró que dispõem sobre a criação da frente parlamentar de melhoria da aviação regional.

O presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia Laerte Gomes (PSDB), enfatizou que a situação é preocupante, uma vez que os rondonienses já pagam valores altíssimos nas passagens e infelizmente a tendência é que os valores se elevem ainda mais.

O Deputado Marcelo Cruz, citou exemplos de ações governamentais que contornaram esta situação no estado de São Paulo, divulgando que naquele estado foi dada isenção do ICMS do querosene das aeronaves.

Laerte Gomes, lembrou que no exercício passado a Assembleia Legislativa de Rondônia aprovou incentivo fiscal para o combustível das aeronaves de empresas que operaram voos regionais como Porto Velho, Ji-Paraná , Cacoal e Vilhena, porém ressaltou que se a situação continuar assim a medida terá que se estender as grandes empresas como a Gol, Latan e Azul, que fazem voos nacionais e internacionais.

O parlamentar Lazinho da Fetagro concordou que deve ser discutido algumas medidas para evitar o cancelamento de voos no estado, porém expressou uma certa inconformidade “não entendo, atualmente os aviões saem do estado lotados e com valor das passagens lá no alto”, relatou.

Geraldo da Rondônia, aproveitou para se queixar do tratamento dado pelas companhias áreas aos rondonienses, segundo ele os passageiros deste estado recebem tratamento inferior aos do sudeste.

Ao final foi proposto abrir conversações futuras com representantes das companhias e donos de agências de viagens, que já se queixam e buscam uma solução ao problema.

Aeroporto Internacional de Porto Velho – Gov. Jorge Teixeira de Oliveira

 

Comentários