IML de Ariquemes está há 12 dias interditado por falta de infraestrutura

IML de Ariquemes está há 12 dias interditado por falta de infraestrutura

O Instituto Médico Legal (IML) de Ariquemes, na região do Vale do Jamari, está interditado desde o dia 12 de janeiro por falta de infraestrutura e médicos legistas. O Conselho Regional de Medicina de Rondônia (Cremero) resolveu pela interdição ética após uma fiscalização no local.

Uma semana depois da interdição, a situação ainda não foi regularizada pelo governo do estado. Neste final de semana, no sábado (21) e domingo (22), duas mortes provocadas por disparos de arma de fogo foram registradas no município e com o IML parado, os cadáveres foram levados para o IML da capital para necropsias.

Por falta de infraestura, Cremero interdita IML de Ariquemes (Foto: Ana Claudia Ferreira/G1)Por falta de infraestura, Cremero interdita IML de Ariquemes (Foto: Ana Claudia Ferreira/G1)

A Polícia Civil responsável pelo funcionamento do IML, informou à reportagem da Rede Amazônica, que tem um planejamento para construir um núcleo de criminalística em Ariquemes, que abrigaria o IML.

Sobre a falta de médicos legistas, o governo do estado garante que já fez um levantamento para promover um concurso público e contratar novos profissionais para suprir a demanda da região Vale do Jamari, mas ainda não há prazo para lançar o concurso e nem para construir um novo prédio para o IML.

1-dsc0584-001

Comentários