Homem se junta a equipe de buscas por desaparecido sem saber que estavam atrás dele

Publicada em


Parece enredo de comédia, mas aconteceu na vida real. Um homem se juntou a um grupo de busca por uma pessoa desaparecida, sem perceber que a pessoa que estava sendo perseguida era ele mesmo.

Beyhan Mutlu, de 51 anos, havia saído para beber com um amigo na cidade de Inegol (Turquia), na noite de terça-feira (28/9). Sua esposa relatou seu desaparecimento depois que ele não voltou para casa. Ela soube que Beyhan havia se afastado do amigo, bêbado.

A polícia e as equipes de resgate foram chamadas para encontrar Mutlu, que havia dormido numa casa abandonada na floresta perto do bar, informou o site de notícias turco T24 nesta sexta-feira (1/10).

Beyhan encontrou membros do grupo de busca pela manhã e decidiu ajudá-los a encontrar a pessoa desaparecida. Ele só percebeu que era o foco da busca quando começaram a chamar seu nome.

“Depois de um tempo, eles disseram que estavam procurando por Beyhan Mutlu”, disse ele à T24, acrescentando: “Comecei a suar frio quando ouvi meu nome.”

“Eu disse a eles que era Beyhan Mutlu, mas eles continuaram procurando. Eles não acreditaram em mim. A verdade veio à tona quando meu amigo Mesut me viu”, esclareceu o “desaparecido”;

Beyhan disse que fez parte da equipe de busca por mais de meia hora.