Homem que matou adolescente em 2020 em Ji-paraná confessa crime a Polícia, em busca de paz

Publicada em


Um homem de 27 anos foi preso por roubo em Ji-Paraná (RO), nesta sexta-feira (13), e acabou confessando a autoria de um outro crime que aconteceu há quase dois anos: a morte de uma adolescente de 16 anos identificada Rosângela Caetano Batista.

O corpo da menina foi encontrado às margens do rio Machado no dia 9 de outubro de 2020, na mesma cidade onde o homem foi preso. Na época, a perícia apontou que ela tinha marcas de enforcamento.

Segundo o delegado da Polícia Civil, Luis Carlos Hora, apesar de não ter sido detido na época como suspeito do homicídio, o homem confessou o crime e deu detalhes sobre o caso. Como justificativa para a confissão ele disse que “estava em busca de paz”.

“Ele falou que desde que aconteceu a morte ele tem sonhos, não tem paz e quis confessar o delito para que ele se aliviasse”, revelou o delegado.

De acordo com o depoimento do suspeito, ele teria matado a vítima por vingança, porque dias antes do crime ela o entregou para a polícia.

Vítima e suspeito estavam em situação de rua na época do crime. Inicialmente o corpo dela foi registrado sem identificação. O reconhecimento da adolescente durou cerca de sete dias.

O caso está sendo finalizado pela Polícia Civil e deve ser entregue ao Ministério Público de Rondônia (MP-RO) em breve.

G1/RO