Fiéis e bebê são mantidos reféns por assaltante dentro de igreja em Cacoal

Fiéis e bebê são mantidos reféns por assaltante dentro de igreja em Cacoal
ELETROSSOL NORTE JARU Instalação energia solar

Oito adultos e quatro crianças, sendo um bebê de 45 dias, foram feitos reféns por um assaltante em uma igreja evangélica, localizada no bairro Village do Sol I, durante o fim de semana, em Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho. O suspeito foi preso em flagrante e a arma apreendida.

De acordo com uma das vítimas, o comerciante Nelinho Campana, de 30 anos, eles estavam em frente ao templo, no momento que foram rendidos pelo suspeito, de 33 anos. Uma adolescente de 15 anos conseguiu ligar para a Polícia Militar (PM) de dentro da igreja e o suspeito foi preso em flagrante.

Nelinho contou que na noite de sábado houve uma comemoração na igreja e após o culto algumas pessoas se reuniram para lavar o prédio. Na mesma noite, o pneu do carro do pastor havia furado, e um membro da igreja se ofereceu para ir com ele até a borracharia, enquanto os demais ficaram em frente a igreja junto a esposa e a filha do pastor, esperando que retornassem.

“Esse jovem que acompanhou o pastor até a borracharia tem uma moto nova, que ficou estacionada em frente a igreja. Foi atrás dessa moto que o suspeito veio”, contou a vítima.

Segundo ele, após terminarem de lavar a igreja, todos foram para a frente do prédio, deixando apenas a porta da frente da igreja aberta. Eles haviam percebido que dois homens já tinham passado em frente a igreja a pé algumas vezes, mas não imaginaram que seriam ladrões.

“Na terceira vez que eles passaram, um deles retornou e nos abordou com uma arma. Disse que era para entregarmos a chave da moto. Nós dissemos que o dono da moto não estava. Nessa hora ele mandou que todos entrassem na igreja, sendo que ele ficou na porta nos ameaçando de morte e impedindo que saíssemos. Acho que ele estava sob efeito de alguma droga, estava bem exaltado e queria a chave a todo o custo”, lembra Nelinho.

Ainda dentro da igreja, uma adolescente de 15 anos, conseguiu se afastar do suspeito e, sem ser percebida, ligou para a PM informando do assalto. Quando os policiais chegaram, o homem ainda estava no local apontando a arma de fabricação artesanal para as vítimas. Ele foi preso em flagrante, mas o comparsa não foi localizado.

Comentários