Escritor de Jaru cria “vakinha” para custear livro com a história do município

Escritor de Jaru cria “vakinha” para custear livro com a história do município

O professor jaruense Elias Gonçalves, escritor que está o seu terceiro livro pronto, criou na última quinta-feira (28) uma “vakinha” virtual com o objetivo de custear a impressão de sua mais recente obra denominada “Um tratado sobre a música, a literatura e a comunicação jaruense”. Autor de outros dois livros, um deles lançado em 2013, a obra mais recente vem com a missão de se tornar a produção histórica mais completa do período contemporâneo de Jaru.

Elias Gonçalves também é professor do município de Jaru e Governo do Estado explicou que o motivo de escrever um livro narrando a história de Jaru na visão de quem a construiu dentro da temática abordada é preencher uma grande lacuna que há na história do município no que se refere a fontes escritas. “Jaru é um município com mais de 50 mil habitantes, é o sexto município mais populoso de Rondônia e até o momento só foi produzido um único livro com a história da cidade que a cada dia se destaca no cenário estadual”, disse o escritor.

A atual produção do escritor é fruto de aproximadamente cinco anos de pesquisas no campo histórico de Jaru. Segundo Gonçalves, o livro atual trata-se da continuidade de um projeto que se iniciou em 2013 com o lançamento de “Vivendo nossa história”, sua obra anterior que narra a história das escolas públicas de Jaru com destaque para a construção histórica das pessoas que denominaram os estabelecimentos de ensino, a política local e algumas personalidades que fazem parte do cotidiano jaruense. Elias Gonçalves ressalta que, embora o nome do livro contenha um termo referente ao município que o escritor escolheu como seu lar e que protagoniza a obra, o “tratado” referido abrange diversos horizontes, uma vez que os personagens que protagonizam a obra venceram inúmeras barreiras e se destacaram em outros municípios, estados e, alguns casos as fronteiras continentais.

O livro “Um Tratado Sobre a Música, a Literatura e a Comunicação Jaruense” apresenta uma história genuína, onde homens e mulheres que aos olhos do senso comum possivelmente podem ser vistos como meros coadjuvantes ganham ares de protagonistas devido ao legado alcançado na sociedade. “Alguns personagens já deixaram a vida terrena, existem aqueles que fixaram residência em outros municípios, mas muitos outros continuam exercendo o ofício para o qual foram designados em Jaru e construindo junto com os demais uma importante página na história”, disse o escritor ao descrever parte da obra.

Elias Gonçalves relatou que já conversou com diversos órgãos, autoridades e empresas, mas até o momento apenas o senador Confúcio Moura (MDB) e a Associação Comercial e Industrial de Jaru se dispuseram a ajudá-lo na publicação do livro. O escritor agradece aos colaboradores, por apoiarem o processo de escrita da história de Jaru, prestando assim relevantes serviços à sociedade.

O livro está em processo de registro nos órgãos oficiais e terá 262 páginas narrando a história que cada cidadão jaruense – rondoniense e também de outros estados – ajudou a construir.

Para colaborar com a vakinha criada pelo escritor acesse o link: http://vaka.me/487398


Fonte: Assessoria

Comentários